Seu Portal de Ideia e Soluções
      AMBIENTES
AMBIENTES / Casas
VOLTAR

FIThouse - Residência Sustentável

Conheça o projeto da casa sustentável de 50m² que ganhou o 2º lugar no Prêmio Nacional Inovar 2011.

Por: Arquiteta Nadine Voitille       28 de Maio de 2011   |   VISUALIZAÇÕES 10.636

FIThouse - Segundo Lugar no Prêmio Nacional Inovar 2011.

Residência Unifamiliar, Inovadora e Sustentável com 50 m². "Ajuste, Encaixe, Adaptação, Disposição, Caber, Servir, Apto, Adequado, Próprio, Em boa forma, Legítimo"

 

 

O Projeto

O projeto traz em síntese idéias sustentáveis em conjunto com a inovação. Estes temas têm forte destaque nos dias de hoje e devem ser levados em consideração na concepção do projeto.

A inovação leva em consideração não apenas a criação de um novo processo, mas em uma utilização mais produtiva dos sistemas existentes. No projeto, ela está presente externamente nos telhados através de uma utilização plural, criando visualmente a modulação do projeto, aproveitando a sua inclinação para a colocação das placas solares e criando janelas superiores para ventilação e também nas fachadas que se diferenciam conforme a orientação solar. Internamente, ela se encontra no desenho flexível e funcional, tornando o projeto adaptável a novas necessidades e na criação de ciclos sustentáveis através da produção de alimentos, tratamento de esgoto e aproveitamento da água.

 

A arquitetura sustentável deve levar em conta o espaço na qual será implantada. Deve-se aliar tanto os aspectos naturais que influenciam na região quanto as técnicas sustentáveis através de equipamentos, pois ambos têm a função de contribuir para a melhoria no desempenho da construção. O Arquiteto Vitrúvio diz: “As edificações estarão bem adequadas se, desde o princípio, se leva em conta o clima do local de construção, porque não existe dúvida quanto às diferenças que devem existir entre os edifícios feitos em Roma e no Egito".

 

Inserção no terreno

Linearidade que acompanha o terreno gerando afastamentos que promovem maior liberdade no entorno e adéqua a implantação ao meio físico, integrando a edificação na paisagem natural envolvendo as árvores existentes no terreno. Este fator também interfere na redução dos espaços inúteis, pois economiza o uso de circulações e gera espaços mais integrados internamente e que também se relacionam com o exterior através de decks.

Modulação que traz redução dos custos da obra devido a racionalização dos materiais evitando desperdício e quebra de materiais para fechamento e também dá a possibilidade de ampliação da casa acrescentando mais módulos.

 

Obra

Redução do impacto da obra e da operação das edificações, contemplando para isso o total planejamento, o uso racional dos recursos, o uso de técnicas e materiais menos degradantes e com maior durabilidade.

 

Usuários

Contemplação das necessidades dos moradores e usuários, adequando-as às condições do meio ambiente local, promovendo a saúde e bem estar do ser humano.

 

Sociabilidade

Envolvimento da sociedade, com o emprego de materiais, técnicas e mão de obra local. Inclusão social através de espaços semi-públicos ao longo do terreno que se integre com o acesso ao mesmo.

 

Materiais Utilizados

Uma obra sustentável leva em conta o processo na qual o projeto é concebido. Tudo o que diz respeito aos materiais empregados nela devem levar em conta a necessidade, o desperdício, a energia gasta no processo até ser implantado na construção e, depois, se esses materiais podem ser reaproveitados.

Existe uma série de fatores envolvendo os materiais utilizados em uma construção que contribuem para que a obra se torne sustentável, econômica e confortável. Nestes fatores se enquadram o uso de materiais locais, que propicia a redução de gastos com transporte; materiais economicamente vantajosos ao lugar e região na qual é produzido; materiais que se adéquam aos aspectos naturais da região; mão de obra barata e especializada existente na região; materiais e técnicas que facilitam a separação, reuso e reciclagem; materiais recicláveis; redução da quantidade de material ou de acabamentos; materiais duráveis e eficientes; materiais que necessitam baixa manutenção; materiais que não poluam o meio na qual é utilizado.
 

Madeira de eucalipto, pois esta é um material “verde certificado”, ou seja, é uma madeira proveniente de reflorestamentos. A madeira é imunizada com tratamento ecológico para prevenção de eventuais pragas que possam corroer a madeira. Ela está presente na estrutura da casa, nas paredes duplas, no piso duplo e no forro.
 

Uso de isolante térmico e acústico para aumento do conforto dentro da casa. Este material também preserva o calor interno da casa evitando a dissipação do mesmo durante a noite. Ele é colocado entre as paredes duplas de madeira.
 

Pinturas e vernizes  que não prejudicam a saúde e que não são poluentes. Estes produtos são à base de água, evitando o uso de solventes tóxicos.
 

Pedra de gabião na parede para armazenamento de calor e também para conter o excesso de luz que entra na fachada oeste. A colocação desta pedra é industrial facilitando a mão de obra neste processo.
 

Utilização de telha metálica sanduíche que tem em sua constituição manta térmica envolvida por dupla camada metálica. Possui grande conforto térmico e mantém o calor dentro do ambiente.
 

Vidros duplos insulados com película filtradora de luz para conter somente o excesso de luz evitando o ofuscamento, mas deixando o calor entrar nos ambientes internos.  Os vidros são encaixados em esquadrias de alumínio com vedação. Eles são usados em todos os vidros da casa.
 

Concreto nas vigas da fundação para que a casa fique elevada do chão fazendo com que a umidade não chegue até o piso ocasionando apodrecimento da madeira. Existência de aberturas nestas vigas para ventilação.
 

Paver no acesso aos veículos com permeabilidade entre as peças criando um piso verde.
 

Placas de gesso acartonado nas paredes do banheiro com tratamento para ficar em contato com a água sem apodrecer.

 

Sobre o Concurso

O problema da habitação é um dos principais temas a serem tratados pelo poder executivo municipal. Trata-se de responsabilidade que requer constante reflexão e disposição de perceber as necessidades dos usuários e do contexto em que se dão as intervenções. Para projetos adequados é imprescindível o compromisso com a inovação e com a sustentabilidade.

Nesse sentido, os promotores da CONSTRUIR 2011 - Feira da Construção e Mobiliário de Erechim: Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Erechim - SINDUSCON-Erechim e Prefeitura Municipal de Erechim-RS, em parceria com a Universidade Federal da Fronteira Sul, anunciam este Concurso de Ideias para estudantes de Arquitetura e Urbanismo, sobre o tema “Inovação e Sustentabilidade em Edificações Residenciais Unifamiliares”.

 

 

+ MAIS FOTOS | Arquitetura Casas

 

construção sustentávelcasa sustentávelcasa ecológicacasa arquiteturaTAGS:
  RELACIONADOS
Casa en el Bosque | Parque Humano
Residência Altamira | Radziner
Residência em Guadalajara - México
Projeto Casa Abranches | Illuminati

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2018 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS