CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br

Ambientes

Quintal multifuncional une a família

Um espaço multifuncional projetado para trazer bem-estar e unir a família. Veja o antes e o depois.

Por Arquiteta Nadine Voitille Seguir

0 Gostar

Categoria: Jardins e Varandas: Jardins

+ Salvar em álbum de ideias

Planejando o jardim dos fundos

Quando estávamos procurando um imóvel para comprar, um dos itens que buscávamos era que tivésse um bom espaço nos fundos de casa.

Quando encontramos este sobrado foi paixão à primeira vista: havia uma área considerável de quintal nos fundos (geralmente isso não acontece em sobrados nas grandes cidades) e ainda teríamos privacidade, pois há um paredão que protege os quartos dos olhares curiosos de vizinhos.

 

A princípio pretendíamos manter o máximo de grama, mas isso se mostrou inviável: o excesso de chuvas e a falta de sol direto em grande parte do ano, transformaram o lugar em um verdadeiro pântano.

Por isso, mudamos os nossos planos: um espaço aberto, que pudésse ser usado pela família e que ainda integrasse o interior da residência ao exterior, trazendo a natureza para um contato próximo.

 

Alguns detalhes do projeto:

 

  • Floreira: uma floreira em L pode ser vista por todos que estão dentro de casa. O acabamento de granito também serve como banco para nos sentarmos e o tijolinho a vista traz uma sensação de aconchego. Ela foi construída com blocos pela facilidade e rapidez e marca a horizontalidade porque isso gera a sensação de tranquilidade;
  • Piso: o pátio foi pensado para acomodar facilmente uma piscina inflável (porque afinal, mesmo com pouco sol, no verão é calor e podemos nos divertir com o filho). Este lugar também servirá para acomodar mesas em dias de festa. Foi desenhado um tapete (piso diferenciado) no centro, com um toque retrô;
  • Armário dos fundos: seria necessário algo para esconder a casa de gás e que ainda funcionasse como depósito (aspirador de pó, mangueira, pote de ração do cachorro, guarda-sol, árvore de natal, etc). Por isso optamos por um armário em alumínio, com três portas de correr e com teto de vidro (assim seu interior está sempre clarinho). Internamente instalamos suportes metálicos (com ajuste de altura) e prateleiras de madeira.
  • Varal: como precisamos de um local para estender roupas, escolhi o canto que menos é visto a partir da sala para instalar o suporte de varal que mandamos fazer. Um detalhe: é possível soltar as cordas e guardá-las, para que não fiquem aparecendo;
  • Iluminação: a iluminação é "a cereja do bolo". Uma fita LED marca a linha horizontal da floreira, iluminando indiretamente o piso. Spots valorizam a vegetação e quando queremos uma luz mais direta, ligamos um plafon que fica na churrasqueira. Confesso que ainda pretendemos trocar a arandela atual por outra luminária, para os dias que precisamos de mais luz.
  • Cobertura de vidro: a cobertura protege a área da churrasqueira e do varal. Fizemos uma parede de vidro do lado da churrasqueira para proteger o móvel que futuramente iremos instalar. Optamos por não usar filtro solar no vidro, já que sua incidência é relativamente pequena e queremos o máximo de luminosidade no interior do sobrado.

 

Apesar de caro, este investimento facilitou a rotina (a limpeza, por exemplo, ficou mais fácil) e proporciona momentos de lazer em família. Quanto custou? A obra do pátio custou aproximadamente R$10.000, a cobertura de vidro R$12.000 e o armário em alumínio R$3.000. Total: R$25.000.

O que eu faria melhor? Escolheria um rejunte de melhor qualidade (o atual manchou/descoloriu) e colocaria calhas na cobertura de vidro.

 

Como usamos o quintal

Gostamos de acender uma lamparina e colocá-la sobre a mesa, tomando uma cerveja ou mesmo um chá. Passamos horas conversando, comendo algum petisco, olhando o céu.

Também adoramos cuidar da horta e das flores (e nosso filho é apaixonado pelas plantinhas). Veja também: Planta 3 ervas em vasos e economiza R$233,00 por ano

Brincamos com o cachorro, fazemos festa, lavamos a roupa e secamos sem secadora... ou seja, este é um espaço multifuncional que agrada os nossos sentidos e nos faz feliz.

São momentos como este que definem o "estilo hygge" - dos dinamarqueses - de viver: projetar ambientes que proporcionem lazer em casa, aumentando o bem-estar e a felicidade de quem usa o espaço.

 

+ MAIS FOTOS | Jardins

 

TAGS
paisagismo arquitetura e bem-estar jardinagem e paisagismo hygge

Veja também