CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br
Artigos

Arquitetura para fechar negócios

Sharise Gulin, arquiteta especializada em corporativo, mostra a tendência internacional de espaços mais receptivos para área de negociação.

Por NoAr Comunicação e Assessoria Seguir

0 Gostar

Categoria: Arquitetura & Urbanismo: Arquitetura e Decoração Comercial

+ Salvar em álbum de ideias

Arquitetura para fechar negócios: Como serão os novos ambientes corporativos

 

Ao longo da última década os escritórios modernos sentiram a necessidade de se adaptar às novas diretrizes da administração, trazendo espaços mais integrados, confortáveis e produtivos para os colaboradores. Agora, o que tem se observado, segundo a arquiteta especializada em ambientes corporativos Sharise Gulin (sharise@sharisearquitetura.com.br), é que esses espaços mais receptivos têm agradado também os clientes das empresas. Com isso, começou-se a pensar em uma nova forma de ambientar as áreas da empresa utilizadas para negociação.

Salas de CEO's e de reuniões do futuro começam a tomar uma forma diferente, mais agradável, com o intuito deixar o ambiente favorável ao fechamento de negócios. Desde a iluminação até o layout do ambiente, bem como os materiais utilizados no acabamento, influenciam o momento que cerca uma negociação.

 

Sala de estar CEO. Projeto: Sharise Arquitetura

 

"Em visita ao iSaloni 2017, Salão Internacional do Móvel de Milão, foquei na mostra Workplace 3.0 e tudo que vi fez alusão à sensação de conforto para o ambiente de trabalho. As cores apareceram de forma mais marcantes, os móveis com revestimentos aconchegantes e a iluminação indireta. Pude conhecer o arquiteto iraniano Arash Ahmadi, um dos responsáveis pelos novos conceitos apresentados na mostra. No ambiente cercado de cores, tapeçaria, formas orgânicas e contato com a natureza, o objetivo foi repensar a forma como são tratados os ambientes de negócios. No Irã os negócios são fechados em rodas de conversas, sentados em tapetes. O encontro com Arash foi uma inspiração", comenta Sharise Gulin, da Sharise Arquitetura, escritório especializado em ambientes corporativos.

De acordo com a profissional, o ambiente onde serão realizadas as mais importantes negociações na empresa deve ser projetado com a intenção correta. Ambientes agradáveis podem deixar os envolvidos mais relaxados, favorecendo a negociação, ou até permitir uma melhor leitura da linguagem corporal dos envolvidos. "Atualmente já utilizo muito a composição de lounges para áreas comuns, salas de reuniões e de CEO's. O Workplace deste ano em Milão, só confirmou que este é o caminho dos espaços corporativos do futuro", finaliza.

 

Workplace inspirado no Google. Projeto: Sharise Arquitetura.

 

Veja abaixo algumas dicas de Sharise para um ambiente que favoreça uma boa negociação:

 

  • Crie ambientes onde os clientes sintam-se bem e tenham a oportunidade de se conectar com a cultura da empresa.
  • Utilize a luz natural a seu favor, porém evite luz solar direta para que não precise fechar as cortinas.
  • O ambiente deve passar sensação de privacidade, pois normalmente os assuntos são confidenciais. Para isso evite espaços muito amplos ou com pouco mobiliário.
  • Cores têm efeito sobre o humor e espírito das pessoas. Branco é muito frio, deixa o ambiente estéril. Azul e verde são mais frios, porém remetem ao natural. Vermelho e amarelo são quentes. Busque equilíbrio.
  • Detalhes decorativos e quadros nas paredes trazem sensação de lar. Provocam relaxamento e familiaridade ao espaço.
  • Tapetes com textura mais espessa trazem aconchego, assim como piso de textura natural, como a madeira.

 

Lounge corporativo. Projeto: Sharise Arquitetura.

 

  • O layout dos móveis conduzem a maneira da negociação. Uma mesa é uma barreira entre as pessoas, apesar de ser refúgio para algumas. Impede a leitura corporal. Leia também: Como Escolher os Móveis do Escritório
  • Mesa redonda pode ser uma solução mais neutra e mesas laterais em um ambiente "lounge" resolvem bem a necessidade de apoio.
  • Poltronas favorecem a sensação de relaxamento em uma negociação e se for algo mais intimista, um sofá permite melhor contato entre as partes e o diálogo.

 

 

+ SAIBA MAIS | Arquitetura e Decoração Comercial

 

 

Veja também

Artigos mais lidos

Artigos mais comentados