CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br

Cerâmicas: Padrões de Qualidade

Saiba qual a diferença entre as cerâmicas tipo A, C e D e escolha o material ideal.

41 Adicionar à minha biblioteca

Por Arquiteta Nadine Voitille Seguir

  • 27/07/2013

+ Salvar em álbum de ideias

Classificação Padrão das Cerâmicas

Conhecer o fabricante do material é fundamental para saber como ficará a qualidade do acabamento após a colocação.

Há no mercado duas linhas de qualidade:

  • Linhas populares: são conhecidas pelo baixo valor e por apresentarem pouca / média qualidade. Elas normalmente apresentamuma peça ou outra com algum tipo de defeito de tamanho e/ou tonalidade;
  • Linhas de alto padrão: prezam por qualidade superior, separando com rigor as peças “defeituosas”.

Foi elaborada uma classificação padrão para determinar a qualidade do material baseada no aspecto superficial (análise visual), porém, cada empresa pode adotar outras nomenclaturas de classificação. Em ambos os casos, as informações devem, obrigatoriamente, estar especificadas nas embalagens dos produtos. A norma brasileira que apresenta as informações técnicas sobre este assunto é a NBR 13.818/97 - Placas Cerâmicas para Revestimentos.

 

Clasificação Padrão

  • Tipo A – Extra: quando 95% (ou mais) das peças não apresentarem defeitos visíveis na distância de até 1m;
  • Tipo C – Comercial: os defeitos são visíveis de 1m a 3m de distância - não possui garantia técnica;
  • Tipo D – Refugo: os defeitos são visíveis acima de 3m de distância - não possui garantia técnica;

 

 

+ SAIBA MAIS | Cerâmicas e Porcelanatos

 

 

Veja também