CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br
Artigos

Closet: Escolhendo o Mobiliário

4º Passo: Determine o que é importante ter em seu closet, qual o modelo ideal e quais acabamentos usar.

Por Arquiteta Nadine Voitille Seguir

0 Gostar

Categoria: Interiores | Ambientes: Closet

+ Salvar em álbum de ideias

Como Escolher os Móveis do Closet

Para escolher os móveis é necessário seguir antes alguns passos:

  1. Closet: Perguntas Importantes - conhecer as funções do closet e responder a algumas perguntas antes de iniciar seu projeto;
  2. Closet: Aspectos Construtivos - saber como posicionar o closet na planta, quais as medidas mínimas necessárias e como inserir a iluminação e a ventilação adequadas ao seu ambiente;
  3. Closet: Ergonomia & Circulação - quais as medidas ergonômicas necessárias para um móvel ser confortável e funcional (larguras, profundidades e alturas).
 

Depois destas etapas, você deverá analisar quais serão os itens que deverão estar presentes, em maior ou menor quantidade, no seu closet, em função do espaço disponível e dos itens que precisa guardar:

  1. Araras / cabideiros
  2. Araras em locais com maior profundidade para comportar cabides maiores
  3. Gavetas
  4. Gavetas para os acessórios
  5. Prateleiras com grande espaçamento entre elas, tanto vertical como horizontalmente
  6. Prateleiras com espaçamento entre elas reduzido
  7. Prateleiras inclinadas ou bandejas deslizantes para calçados
  8. Nichos

Composição do Closet. Fonte: Portal Clique Arquitetura.

 

* Lembre-se: as medidas dos armários (prateleiras, gavetas, etc) estão descritas no artigo: Closet: Ergonomia & Circulação

 

Estilos e Modelos de Closet

O closet pode ser aberto ou fechado, sob medida ou modular. Confira as dicas:

 

Aberto – armário sem portas: as roupas ficam expostas

Ideal para:

  • Locais que não acumulam muito pó;
  • Ambientes que não sofram com a umidade do ar;
  • Ambientes que possuem umidade na parede (na qual está o closet):a ausência de portas ajuda na circulação do ar, evitando que a umidade afete o móvel e as roupas;
  • Para áreas em que o closet não fique exposto a outros ambientes.



 

Closet aberto (sem portas). Fonte: Portal Clique Arquitetura.

 

Fechado - armários com portas: sem exposição das roupas

Ideal para:

  • Quem não consegue manter a organização por muito tempo, as portas impedem que a bagunça fique visível;
  • Proteger as roupas do pó > conheça dicas de materiais para organização e cuidados com as roupas no Artigo: Sua Casa com Ares de Primavera
  • Proteger as roupas das radiações solares: as portas bloqueiam os raios do sol e evitam o desbotamento desigual das peças e calçados.

Closet fechado (com portas de correr). Fonte: Portal Clique Arquitetura.

 

Estrutura

O closet pode ser de madeira ou metálico:

  • De mdf / madeira – a estrutura interna é feita de mdf: prateleiras, divisórias, bandejas deslizantes, etc.

Sensações: Os elementos que imitam madeira ou a própria madeira passam a sensação de conforto e aconchego. Pode fazer um estilo antigo ou atual, dependendo do padrão da lâmina.

 

Closet com estrutura de madeira. Imagem: Housesplans

 

  • Aramando – neste modelo a estrutura é metálica, podendo receber revestimento cromado ou colorido.

Sensações: O metal é um elemento frio, a sensação visual que ele passa não poderia ser diferente. Portanto, este material pode dar um impressão de impessoal. O metal é um material que remete ao estilo contemporâneo, principalmente quando utilizado no padrão cromado. Transmite também a sensação de ordem e limpeza.

 

Exemplo de closet metálico. Gostou? Pesquise preços e modelos: Closets - Buscapé

 

Acabamentos

Como já foi dito, o closet poderá ser de madeira ou metálico. Optando pelo padrão de madeira, haverá uma grande opção de cores e texturas (será inclusive possível fixar espelhos nas portas). Leia o artigo: Closet: Escolhendo a Cor

Os puxadores podem ser horizontais ou verticais, sendo esta última a escolha mais comum.

 

Exemplo de puxador embutido de alumínio e dois puxadores menores. Imagens: Raumplus

 

Exemplos de Puxadores. Gostou? Pesquise preços e modelos: Puxadores - Buscapé

 

Há também detalhes adicionais que podem ser escolhidos: iluminação interna, amortecedores para portas e gavetas, tipos de corrediças, portas de abrir ou de correr, suportes para trazer o cabideiro a uma altura mais confortável (ideal para idosos e cadeirantes), etc.

 

Exemplos de acessórios e acabamentos: puxador para trazer o cabide a uma altura confortável, sapateira e calceiro deslizantes, gaveta para acessórios e modelo de acabamento do encontro do móvel com o rodapé. Imagens: Raumplus

 

Parede:

O closet pode ter sua estrutura fixada diretamente nas paredes, os perfis metálicos e as ferragens suportam as prateleiras, divisórias e cabideiros. Cada modelo de ferragem é capaz de suportar pesos específicos, portanto, é fundamental respeitar a capacidade de resistência de toda a estrutura do closet para que o móvel e a segurança física do usuário sejam preservados.

Quando o closet utiliza a parede como parte de sua estrutura sempre haverá um espaço vazio entre o piso e o móvel. Este distanciamento proporciona a sensação de leveza ao ambiente, assim como, permite maior facilidade de limpeza do local.

 

Closets com estrutura fixada nas paredes: há espaço livre no piso. Imagens: Housesplans

 

Quando a parede fica exposta (no caso dos móveis aramados) a sua pintura faz parte da decoração, criando efeitos diferenciados no ambiente: verde transmite leveza, azul tranquilidade, marrom transmite conforto e rosa feminilidade.

 

>> Próximo Passo: Closet: Escolhendo a Cor

 

 

+ SAIBA MAIS | Projeto e Decoração de Closets

 

 

Veja também

Artigos mais lidos

Artigos mais comentados