CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br

Decore sua casa com o Low Poly

Técnica Low Poly pode ser adaptada para qualquer ambiente. Usar esta técnica na decoração deixa o ambiente mais divertido e colorido.

0 Adicionar à minha biblioteca

Por Tibério Construtora Seguir

  • 22/02/2016

+ Salvar em álbum de ideias

O Estilo Low Poly de decoração

A busca por referências e tendências interessantes na decoração de interiores e que instiguem a atenção de quem visita nosso lar é muito importante para sempre ter um ambiente com design harmônico e avant garde.

Existe um estilo decorativo que tem sido um grande palpite por parte dos designers de interiores como tendência para 2016, o Low Poly.

Não há dúvidas que o ser humano é facilmente encantado pelas formas geométricas. A simetria de traços e formas são extremamente atraentes, e o Low Poly tem essa beleza como característica. Mais do que isso, ela pode ser utilizada em uma, duas e três dimensões!

Uma estética popular no design gráfico, ela consiste basicamente na transformação de objetos e/ou fotos complexas em polígonos. Por isso sua versatilidade, que vem das telas dos designers e pode assumir diversas formas seguindo o teorema de Pitágoras.

Polígonos, como triângulos, trapézios e losangos, podem ser encontrados, por exemplo, nos papéis de parede estampados. O interessante é que além de ter uma gama abrangente de formas, as tonalidades podem ajudar no clima que se deseja proporcionar ao ambiente. Assim, você pode fluir entre o contemporâneo e o vintage, por exemplo, apenas trocando as formas e a paleta de cores!


 

Caso você queira um cômodo mais despojado, uma outra opção além do papel de parede são os posters. Desenhos, estampas e fotos com os traços do Low Poly causam o efeito desejado.



 

Neste estilo como um todo, é difícil errar, mas é preciso tomar cuidando quanto às cores que você opta por utilizar. É importante que você converse com um designer de interiores ou decorador que indique a paleta de cores perfeita para transmitir a sensação que deseja.

O Low Poly é essencialmente divertido, principalmente pelos esquemas de cores vivas aplicados com frequência. Mas, os padrões geométricos podem ganhar um aspecto mais sóbrio e moderno ao apostar em tons acinzentados e neutros.

Veja que no caso desta cozinha, o estilo demonstrou ser tão abrangente em seu estilo que pode utilizar revestimentos hexagonais. Isso, aliado à paleta de cores neutras, traz uma sensação de conforto, essencial para o momento de afazeres domésticos.

Essa forma de decorar com polígonos e figuras geométricas parece, em um primeiro momento, limitar a criatividade pelas formas geométricas que estamos acostumados desde o começo de nossa infância na pré-escola. Entretanto, o Low Poly oferece outras possibilidades. O efeito 3D combinado com uma paleta variada de cores, por exemplo, é uma boa pedida.

A tendência é muito reforçada pela inovação nos materiais. É possível encontrar variações de padrões em madeira, ladrilhos que não obedecem às proporções de 20×20, e inclusive em móveis de papelão.

 

 

Para um clima mais requintado, você pode investir em prismas. Sua forma e o material cristalizado são recorrentes em diversos lares dos períodos clássicos. Agora, caso você goste do despojado e futurista, uma das opções são os animais em polígonos. Esta segunda vertente tem sido cada vez mais requisitada devido à criatividade e detalhes minuciosos de acabamento que vislumbram qualquer visitante que adentra ao lar. Desde animais inteiros a cabeças “empalhadas” na parede.

 

 

E não podemos esquecer dos artigos decorativos básicos. Almofadas, tapetes, jogos de cama e afins também podem e devem ser explorados pelo Low Poly, mas com moderação, respeitando todos os objetos que fazem parte do mesmo ambiente.

Não há dúvidas quanto ao Low Poly poder ser adaptado para qualquer ambiente. Usar esta técnica na decoração deixa o ambiente mais divertido não apenas por conta do uso das cores vivas do seu acabamento, mas pela diversidade, energia e criatividade que proporciona.

* Esse post foi uma colaboração do César Fernandes da Tibério Construtora - São Paulo e região.

 

 

+ SAIBA MAIS | Estilos e Conceitos de Decoração

 

 

Veja também