CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br
Artigos

Dicas de Sustentabilidade para seu Projeto

Planejar e evitar custos desnecessários são essenciais. Confira algumas dicas importantes para serem seguidas na hora de criar seu projeto de maneira sustentável.

Por Arquiteta Nadine Voitille Seguir

0 Gostar

Categoria: Sustentabilidade: Dicas & Definições

+ Salvar em álbum de ideias

Introdução: Projetos / Sustentabilidade

O projeto permite planejar construções e reformas e executá-los com precisão. Traz economia de tempo e dinheiro, assim como de recursos naturais.

É através dele que arquitetos, engenheiros civis e designers de interiores podem pensar a relação do edífício com seu entorno e buscar soluções inteligentes que promovam o bem estar da população, reduzindo o consumo desnecessário e aproveitando recursos como ventilação e iluminação naturais para trazer economia e conforto aos usuários.

Confira abaixo dicas de sustentabilidade para seu projeto, e leia também: Sustentabilidade na Construção Civil e Tipos de Lâmpadas (com dicas para redução de custos com a iluminação através do uso adequado das lâmpadas).

 

Novas tecnologias e novos materiais aliados a novos conceitos: arquitetura sustentável. Fit House, projetada por: Tiago César Soares, João Otávio K. Dagnoni, Allison Andrade e William F. Ortmann. Veja mais fotos e informações: Fit House - Residência Sustentável

 

Terreno

Planejar e evitar custos desnecessários são essenciais:

  • Tire partido do relevo natural do terreno;
  • Evite derrubar as árvores existentes;
  • Qual a relação do terreno com os vizinhos e o entorno?

 

Paredes e Aberturas

Antes de iniciar os desenhos, estude o terreno e o seu entorno:

  • De onde vem o sol, ventos e chuvas? (valorize os elementos naturais para evitar o consumo excessivo de energia);
  • Qual o clima local? (adapte a espessura das paredes e o tamanho das aberturas segundo o clima);
  • Janelas e portas devem ser funcionais: valorize vistas, permita boa ventilação e iluminação naturais, facilite os fluxos dentro do edifício;
  • Reduza a área construída: crie espaços funcionais e inteligentes;

 

Projetos

Investir nos projetos complementares facilita a obra e permite atingir os objetivos almejados:

  • Faça os projetos complementares necessários para economizar material, mão-de-obra e energia (estrutural, elétrico, hidráulico, telefônico, ...) (confira: O Projeto);
  • Acessibilidade: ao construir e reformar lembre-se de adaptar o edifício ao acesso de todos, como aos cadeirantes. Isto evita reformas futuras e gastos adicionais de material e energia, permitindo o acesso de todos, ou seja, inclusão social (confira: Banheiro Adaptado).

 

Materiais / Produtos sustentáveis

Em geral, busque produtos naturais e que possam ser reciclados. Seguem alguns exemplos:


Cerca, cama e luminária feitos de bambu. Fonte: Bambu aria.

 

  • Tijolos de demolição, tijolos de adobe;
  • Telha cerâmica de demolição;

 

 

Tijolo de adobe. Fonte: Ecocentro | Telhas de demolição. Fonte: Arq.ufsc.

 

  • Tubulação de plástico reciclado;
  • Produtos hidráulicos de baixo consumo de água;
  • Esquadrias de demolição, madeira certificada;

 

Esquadrias e louças de demollição. Fonte: arq.ufsc.

 

  • Tintas a base d’água, tintas minerais a base de terra e cal;
  • Piso: de madeira de demolição, piso de terra ou tijolos de demolição;
  • Produtos artesanais de cooperativas - leia: Como Decorar com Artesanato

 

Sistemas sustentáveis

Alguns exemplos:

  • Instalação elétrica com redutores de consumo de energia;
  • Instalação de painéis fotovoltaicos ou energia eólica;
  • Impermeabilização com resina de mamona;
  • Captação água da chuva - veja também: Cisternas
  • Reúso da água;
  • Telhado verde (terra e grama);
  • Aquecimento solar da água;
  • Estação de tratamento que utiliza plantas para filtrar as impurezas (zona de raízes).

 

Saiba Mais

Você também poderá buscar mais informações em livros e palestras sobre o assunto:

  • Livro: Reúso de Materiais e Elementos de Construção - Incorporar materiais e componentes reaproveitados em obras civis de modo a minimizar a geração de resíduos; esta é a abordagem central deste livro, que destaca as oportunidades de reúso de materiais de construção e componentes para cada elemento de uma edificação, desde as fundações e elementos estruturais até as fachadas e os sistemas mecânicos e elétricos. Além dos exemplos de casos internacionais e dicas práticas, a Obra discute as principais questões e cuidados a considerar quando se projeta uma edificação com uma porcentagem significativa de materiais e produtos reaproveitados e reciclados. Organizado de forma intuitiva, didática e inteligente, o livro expõe o mundo e a prática da coleta, do reúso e da reciclagem de produtos e materiais usados em 5 guias de projeto: fundações e estruturas de contenção; estruturas; fachadas; obras em espaços interiores e exteriores; sistemas mecânicos e elétricos;
  • Livro: Arquitetura Ecológica - A sensível degradação do meio natural obriga profissionais da construção e tomadores de decisão a empreender rapidamente medidas que se impõem para assegurar a qualidade de vida das gerações futuras. Uma análise detalhada de 29 edificações ecológicas europeias demonstra que é possível construir ecologicamente, com um custo adicional de investimento, que rapidamente retorna com as construções econômicas em termos de energia, permitindo um grande espaço aos materiais que não causam dano ao ambiente e aos recicláveis;
 

  

Pesquise preços: Reúso de Materiais e Elementos de Construção | Arquitetura Ecológica - Buscapé

 

 

+ SAIBA MAIS | Certificação Ambiental de Edificações

 

 

Veja também

Artigos mais lidos

Artigos mais comentados