CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br
Pesquise milhares de fotos e salve suas favoritas. Pergunte, comente, divulgue suas ideias!
CADASTRE-SE NO CLIQUE ARQUITETURA
Artigos

Gesso Acartonado: Usos e Vantagens

Saiba mais sobre o Gesso Acartonado (Drywall): uma solução para quem quer construir, reformar ou decorar.

Por Arquiteta Nadine Voitille Seguir

0 Gostar

Categoria: Materiais e Acabamentos: Gesso | Isopor

+ Salvar em álbum de ideias

Gesso Acartonado - Drywall

O gesso acartonado é uma placa produzida a partir do gesso e do papel cartão. Possui resistência à compressão e à maleabilidade, oferecendo, também, praticidade, rapidez e versatilidade na elaboração e execução dos projetos, assim como proporciona poucos resíduos ao final da instalação.

Suas características permitem uma grande diversidade de usos e um ótimo resultado estético: há superfícies lisas e texturizadas, as emendas são homogêneas e permitem um bom acabamento.

 

  

Painel em relevo feito de gesso acartonado - Fonte: Galeria Picasa - Adriana Magre Anghinoni | Paredes internas de uma casa - Fonte: Design Milla Blogspot

 

Onde pode ser Utilizado?

O gesso acartonado vem sendo muito utilizado pelos profissionais da engenharia, arquitetura e interiores. Conheça os usos mais comuns:

  • Como parede, substituindo as de alvenaria. Veja também: 12 Motivos para Utilizar Drywall como Parede
  • Criação de divisórias
  • Criação de painéis
  • Execução de projetos de forro (teto rebaixado e sancas), que consequentemente estão ligados à execução de projetos luminotécnicos. Veja também: Iluminação
  • Fabricação de móveis
 

Além de todas estas formas de utilização, o gesso acartonado também permite receber pregos e parafusos, podendo ser cortado, inclusive em formas curvas. (Saiba mais sobre gesso acartonado e suas diferentes possibilidades de uso - paredes, forros e móveis lendo: Gesso Acartonado - Resistência Mecânica

 

Vantagens

O gesso acartonado traz muitas vantagens tanto para construir, reformar, como para decorar:

Obra

  • Em alguns casos é possível reduzir o custo da obra ao utilizar o gesso acartonado
  • É um material leve, rápido e fácil de ser instalado
  • Adaptável a diversos tipos estrutura: aço, concreto ou madeira
  • Permite a redução de cargas nas fundações e estruturas: quando utilizado como paredes e forros

 Instalação

Acabamento

  • Possibilita a criação e execução de projetos ousados
  • Aceita sobre sua superfície outros materiais de revestimento: cerâmica, pastilha de vidro, papel de parede, tecidos, tinta acrílica, tinta PVA e texturas

Desempenho

  • Elevada resistência ao fogo
  • Apresenta bom desempenho térmico e acústico (equivalente ao de uma parede de alvenaria de meio tijolo)

 

Modelos e Medidas

É possível encontrar placas de gesso acartonado em diferentes tamanhos e espessuras, que atendem às diferentes necessidades de uso. As medidas podem variar conforme o fabricante, portanto, as medidas aqui apresentadas são uma média dos produtos que estão no mercado.

Medidas

  • Espessuras: 10 mm, 13 mm, 15mm e 18 mm
  • Largura: 60 cm e 120 cm
  • Comprimento: 200 cm,  240 cm,  250 cm,  280 cm e  300 cm

 

Escolha o modelo conforme a necessidade de uso

  • Chapa  Standard - ST  (cor cinza) = para uso geral, utilizada em paredes, tetos e revestimentos de áreas secas. (Indicada para ambientes internos, não deve ficar exposta ao relento e ação do tempo).
  • Chapa Resistente à Umidade - RU (cor verde) = utilizada em áreas molhadas, como: banheiros, cozinhas, áreas de serviços e lavanderias. (As chapas de gesso apresentam silicone na composição, o que trará maior resistência à umidade. Mas as chapas não podem entrar em contato com a água, pois infiltrações danificarão o gesso).
  • Chapa Resistente ao Fogo - RF (cor rosa) = utilizada em saídas de emergência e em áreas enclausuradas, como: escadas e corredores. (O gesso é um material que naturalmente resiste ao fogo e para garantir mais eficiência, as chapas RF apresentam na composição retardantes de chama).
  • Chapa para Áreas Externas - Chapa Cimentícia = conhecida como Drywall Externo. (A junção das placas deve ser feita com material compatível, isto é, que seja resistente à umidade e à chuva. Desta forma, nunca utilizar juntas de uso interno para áreas externas).
  • Chapa de Alta Dureza
  • Chapa Flexível - para obter superfícies curvas
  • Chapa Perfurada - para absorção acústica
 

Obs: As chapas Standart ou RU, mesmo que recebam boas camadas de impermeabilização, não devem ser utilizadas em áreas externas. A durabilidade será reduzida e exigirá muita manutenção.

 

Placas de gesso acartonado 

 

Valores

  • Preço Médio: placas  ST     12,5 mm - 120 x 240 cm:   R$ 34,90 a chapa
  • Preço Médio: placas  RU     12,5 mm - 120 x 240 cm:   R$ 47,90 a chapa
  • Preço Médio: placas  RF      12,5 mm - 120 x 240 cm:   R$ 43,90 a chapa 
  • Usar drywall é mais barato do que a alvenaria convencional? Estudos indicam que sim (cerca de 10%), mas por uma questão cultural, prefere-se o sistema tradicional.

* Valores referentes ao início do ano de 2015.


Como escolher o modelo da chapa de gesso?

A escolha do material irá depender da necessidade que cada ambiente apresenta: a parede deve ter isolamento acústico, térmico, maior resistência mecânica, deve ser uma barreira contra o fogo? Há diferentes possibilidades de montagens:

  • Número de chapas a serem fixadas de cada lado - uma, duas ou três.
  • Utilizar ou não material isolante no interior da paredede - lã mineral ou lã de vidro.

 

Como escolher os perfis estruturais?

As estruturas internas, perfis de madeira ou aço galvanizado, também devem ser compatíveis com a configuração da parede, para que esta atenda por completo às necessidades do local. Os perfis estruturais apresentam as seguintes espessuras:

  • 48 mm - parede estreita, sem o uso de materiais para isolamento termoacústico no interior da estrutura - ideal para ganhar mais área útil (o som passa mais facilmente pela parede)
  • 70 mm - parede comum, perfil mais utilizado
  • 90 mm - indicado para quando utilizar algum material isolante no interior da estrutura

 

Resíduos de Gesso - Reciclagem

Qualquer produto a base de gesso, ao final da instalação, apresentará resíduos inutilizáveis. Todos os resíduos de gesso devem ser coletados e armazenados em local específico durante obra e devem ser separados de outros materiais como madeira, metais, papéis, plásticos, restos de alvenaria (tijolos, blocos, argamassa) e lixo orgânico.

Este cuidado melhora a qualidade do resíduo, o que é fundamental para facilitar a reciclagem do material e consequentemente contribuirá para a redução do lixo.

  • Procure sempre mão de obra qualificada, que saiba da importância de preservar o meio ambiente
  • Informe-se sobre os locais que coletam resíduos de gesso
  • Link interessante: Unidades de Recebimento de Resíduos de Gesso - Brecho Arte.

 

Link Interessante

 

Veja Também

 

Fontes Consultadas e das Imagens

 

 

< Voltar  Materiais e Acabamentos :: Gesso | Isopor

 

 

ads

Veja também

Artigos mais lidos

Artigos mais comentados