Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Plantas e Flores
VOLTAR

Hibiscos: vida e cor para os jardins

Conheça as características do Hibisco e saiba onde e como plantá-lo.

Por: Arquiteta Nadine Voitille       11 de Setembro de 2016   |   VISUALIZAÇÕES 7.678

Quem gosta de um jardim bonito e colorido deve conhecer o Hibisco. Esta planta, originária da Ásia Tropical, foi eleita a flor nacional da Malásia e do Havaí.

 

Quais são as características do Hibisco?

 

Onde podemos plantar Hibiscos?

Devido às suas características, o Hibisco é indicado para ser plantado em vários locais:

 

 

É possível trabalhar o paisagismo combinando Hibiscos, pedras ornamentais e argila expandida, como nestes exemplos. Fotos: Nádia Voitille

 

Podemos cultivar o Hibisco como cerca viva. Foto: Nádia Voitille

 

Como cultivar Hibiscos

Esse tipo de planta não necessita de muitos cuidados e é de fácil plantio. Sendo de origem asiática, o hibisco precisa de muita luz para crescer - ele gosta e precisa de muito sol: de 4 a 6 horas diárias, podendo ficar com luz indireta no resto do tempo.

Cresce muito bem em climas equatorial, subtropical, temperado e tropical. Nos lugares de clima quente, com temperaturas acima de 10ºC, ele floresce o ano todo. Adapta-se também nas regiões à beira mar, em solos arenosos e argilosos, suportando muito bem a salinidade.

Em áreas frias, a variedade de hibisco mais flolhosa se adapta melhor. Suas flores surgem em menor número, mas duram mais tempo.

Como podem viver por muitos anos (alguns chegam a 40 anos), é importante que sejam plantados em locais onde possam crescer e se desenvolver sem problemas.

 

Tipos de Hibiscos

Existem mais de 300 espécies de Hibisco e por isso vamos abordar os tipos mais comuns, os que mais são utilizados nos jardins brasileiros. São eles:

 

Os hibiscos podem ser classificados pelas pétalas de suas flores:

 

Cores

Os Hibiscos florescem quase o ano todo, principalmente na primavera e no verão. Dependendo da espécie e tipo, suas flores exuberantes, com seus estames proeminentes, vão dos tons mais claros até os mais escuros, podendo ter as seguintes tonalidades: branco, rosa claro, rosa escuro, salmão, amarelo, laranja, vermelho, vermelho escuro. Os pés possuem vários botões que vão se abrindo em sequência, proporcionando a cada dia um espetáculo de cores.

 

 

 

 

Fotos: Nádia Voitille

 

Como Plantar o Hibisco

A melhor época para se plantar ou reproduzir um Hibisco é na primavera ou no final do mês de fevereiro.

Ele poderá ser plantado através de semente (que leva muito tempo para crescer e tem a grande a possibilidade de falha) ou por estaquia, alporquia e mergulhia, sendo a estaquia o método mais recomendado.

No entanto, o mais comum é adquirir as mudas em floriculturas, onde se pode escolher tamanho, cor e variedade.

Uma distância ideal entre um pé e outro é de 60cm a 90cm. Após ser plantado, precisará ser regado todos os dias; ele deverá permanecer úmido, mas não encharcado. Durante o verão, e se na sua região fizer muito calor, é bom regar duas vezes ao dia. No inverno, quando o sol e o calor são mais amenos, regar apenas quando o solo estiver muito ressecado. Eles sofrem mais com o excesso de água do que por falta da mesma.

Para que tenha uma floração cada vez mais exuberante, é necessário que receba adubação periódica, mesmo tendo sido plantado em solo fértil.

A adubação é feita uma vez por ano; isso o ajudará a se manter protegido contra ataques de pragas.

 

A Poda

O Hibisco é uma planta que necessita de uma poda anual, pois esse corte ajuda no crescimento e aumenta o aparecimento de flores. O melhor período é no final do mês de maio, onde os galhos deverão ser cortados perpendiculares ao caule, no sentido diagonal, reduzindo pela metade o seu tamanho.

Assim serão eliminados galhos secos, partidos, doentes, fracos, tortos demais e flores murchas. Através da poda também é possível corrigir a assimetria para melhorar a aparência.

Essas correções estimulam a regeneração da planta.

Quando não podado, com o passar dos anos, o hibisco acaba adquirindo o formato de uma árvore.

 

Doenças e pragas do Hibisco

Como toda planta, o Hibisco está sujeito há algumas doenças e pragas. Entre as mais comuns estão:

 

 

 

Fontes Consultadas

 

 

+ SAIBA MAIS | Plantas e Flores

 

 

paisagismoTAGS:
  RELACIONADOS
Bougainvillea: trepadeira para paisagismo
Coléus: folhagens coloridas para o jardim
Flor Funcionária: jardim prático e colorido
Ixora: flor para floreiras e cercas vivas

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2018 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS