CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br
Artigos

LED na Iluminação

Baixo consumo, vida longa e sem produção de calor: estas são as principais características dos LEDs.

Por Arquiteta Nadine Voitille Seguir

0 Gostar

Categoria: Interiores | Decoração: Iluminação

+ Salvar em álbum de ideias

 

O que é um LED?

LED (Lighting Emitted Diodes) é um diodo que quando energizado emite luz visível aos olhos humanos. Os LEDs são componentes eletrônicos que geram luz com baixo consumo de energia.

Existem dois tipos de LEDs:

  • Baixa Potência: utilizados para sinalização. Exemplos: botões de liga/desliga, árvores de natal, etc - não são indicados para iluminação geral;
  • Alta Potência: são utilizados para a iluminação geral de ambientes ou para dar destaque a pontos de interesse.
 

Lâmpadas LEDs conferindo destaque a objetos decorativos. Imagem: Philips

 

De baixíssimo consumo, vida extremamente longa, os LEDs estão cada vez mais eficientes superando a eficiência das lâmpadas incandescentes.

  • Potência: normalmente encontrado com potências de 5 a 18W;
  • Vida útil: até 100.000 horas (média de 25.000 horas). De acordo com dados da Philips: se considerarmos uma média de uso diário de 2,5 horas, uma lâmpada incandescente comum terá uma vida útil de aproximadamente 8 meses, enquanto que uma lâmpada LED terá de 25 anos;
  • Uso: iluminação de destaque, residencial, comercial e público. Sinalizadores de trânsito (neutraliza o “efeito fantasma”), fachadas de prédios, balizadores, iluminação de casas noturnas, etc;
  • Sustentabilidade: é de fácil descarte e reciclagem e não prejudica o meio ambiente por não conter chumbo ou mercúrio;
  • Cuidados: a maioria das lâmpadas não deve ser utilizada em áreas externas ou em luminárias fechadas, pois sua durabilidade poderá ser comprometida.
 

Comparativo entre as tecnologias: uma lâmpada LED 5W, por exemplo, produz a luz de uma lâmpada incandescente de 25W. Imagem: Philips

 

Exemplos da utilização de lâmpadas LED na decoração de salas e cozinhas.  Imagens: OSRAM

 

Quais as cores do LED?

É possível encontrar LEDs com cores diversas:

  • Luz Colorida: existem várias cores, dentre as quais estão: vermelho, azul, verde, laranja, âmbar, ...;
  • Luz Branca: é possível encontrar lâmpadas com cor branca (clara) ou mais amarelada (suave).
 

Diferentes cores de luz produzidas por LEDs. Imagens: OSRAM

 

Quais as vantagens do LED?

Os LEDs possuem muitas vantagens:

  • Luz com qualidade e facho definido;
  • Não emite radiação ultravioleta e infravermelha, ou seja, não desbotam tecidos ou queimam a pele;
  • Baixa geração de calor, o que traz mais conforto e reduz os custos com o ar condicionado;
  • É possível substituir facilmente as lâmpadas incandescentes / dicróicas pelos LEDs, pois a base das lâmpadas geralmente tem o mesmo tamanho;
  • Economia de até 80% em relação às lâmpadas incandescentes;
 

LEDs: liberdade de criação, aliada a economia e sustentabilidade. Imagens: OSRAM

 

O que observar na hora de comprar?

Primeiramente é muito importante optar por produtos de boa procedência. Algumas informações da embalagem são valiosas:

  • Potência da lâmpada: qual a sua potência? Normalmente é indicado a potência da lâmpada LED e sua correspondência com a lâmpada convencional, assim você terá um parâmetro de quanto de luz é produzida;
  • Tipo de base: importante para saber se ela poderá ser usada no bocal disponível. E27, por exemplo, é a rosca comum;
  • Temperatura de cor ou tonalidade da luz: indica a cor da luz produzida. Saiba mais no artigo: Introdução à Luminotécnica;
  • Selo: muitas lâmpadas tem um selo de eficiência energética que indica o padrão de qualidade da lâmpada;
  • Durabilidade: indicando quantas horas, em média, a lâmpada terá de vida útil.

 

Exemplos de Utilização

Mostramos abaixo alguns exemplos da aplicação de lâmpadas LEDs:

 

Os LEDs podem substituir muitas das lâmpadas usadas em uma residência. Confira abaixo as dicas. Imagens: OSRAM

 

Para substituir as incandescentes

  • VisionLED - Philips: cor suave e clara, subsituem as lâmpadas incandescentes comuns. Potência de 5W (substitui a de 25W) e 7W (substitui a de 35W). A de 9W substitui as de 50W e tem uma luz clara. Tem duração de 25.000 horas e são de multitensão (100 a 240V);
 

Para cozinhas e Lavanderias

  • Master LEDtube - Philips: pode substituir as fluorescentes tubulares. Disponível nas temperaturas de cor de 4.000K (branca)e 6.500K (bastante branca). Economiza até 40% de energia se comparada com lâmpadas fluorescentes de 20W e 40W. Funciona diretamente na rede (100-240V), dispensando reatores e não apresenta risco de choque na instalação. Tem duração de 40.000horas e pode ser ligada / desligada sem comprometer a vida da lâmpada.
 

Destaque para objetos - Salas, Corredores e demais Ambientes

  • Fitas de LED: Dicas para Escolher Fitas de LED
  • AmbienteLED MR16 - Philips: substitui as lâmpadas dicróicas e é ótima para dar destaque a objetos, como quadros e vasos, por ter facho dirigido. Está disponível nas potências de 7W e 10W, substituindo as dicróicas de 35W e 50W respectivamente. Não emitem calor e possuem temperatura de cor de 2700 (amarelo suave) e é dimerizável. É compatível com qualquer transformador do mercado. Tem durabilidade de 25.000 horas.
 

Exemplos de lâmpadas LEDs indicadas para uso residencial. Substituem a incandescente comum, a fluorescente tubular e a dicróica respectivamente. Onde encontrar? Pesquise preços e modelos: Lâmpadas LED Philips - Buscapé

 

Iluminação LED utilizada em cozinhas e fachadas. Imagens: OSRAM

 

Luminárias decorativas

  • Livingcolors - Philips: com esta luminária, é possível criar diferentes cenários e optar por 16 milhões de cores de luz, em tonalidade e intensidade.
 

Luminária Livingcolors da Philips. Onde encontrar? Pesquise preços e modelos: Luminárias Philips - Buscapé

 

Uso Comercial - hotéis, escritórios, restaurantes, lojas, ...

  • Master LED 12W - Philips: possui temperatura de cor suave (2700K) e distribui a luz de maneira semelhante à incandescente de 60W. Reduz o consumo de energia em 80% e tem vida útil de 25000 horas. Pode ser dimerizada e possui está disponível nas tensões de 127 e 220V.
  • Master LED GU10 - Philips: substitui as lâmpadas halógenas de 50W, consomem apenas 7W, tem vida útil de 40000 horas, temperatura de cor de 2700K (suave) e facho direcionável 25 ou 40 graus. Podem ser usadas de 100 a 240V.
  • Master LED PAR - Philips: substituem as lâmpadas PAR de 50W, 75W e 100W por consumos de 7W, 12W, 17W ou 18W (por exemplo: a Master LED PAR38 da Philips, de 17W ou 18W, substitui as Halógenas PAR38 de 75W e 100W). Possuem temperatura de cor de 2700K, são dimerizáveis e tem vida útil de 45000 horas.
 

Exemplos de lâmpadas que substituem: incandescente 60W, lâmpadas halógenas de 50W e lâmpadas PAR. Onde encontrar? Lâmpadas LED Philips - Buscapé

 

Iluminação LED aplicada em lojas: luz com qualidade de reprodução de cores e econômia de energia. Imagens: OSRAM

 

Saiba Mais

Você também poderá buscar mais informações através de cursos e livros sobre o assunto:

 

Livro: LED: A Luz dos Novos Tempos - Submarino

 

Veja Também

 

Fontes Consultadas

 

 

< Voltar   Interiores | Decoração :: Iluminação

 

 

Veja também

Artigos mais lidos

Artigos mais comentados