CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br
Artigos

Manta Térmica para Telhados

Quer reduzir o calor da sua casa, comércio ou indústria? Saiba tudo sobre mantas de subcobertura.

Por Arquiteta Nadine Voitille Seguir

1 Gostar

Categoria: Materiais e Acabamentos: Coberturas | Telhados

+ Salvar em álbum de ideias

Manta Refletiva  |  Manta Térmica  |  Manta de Subcobertura

A manta de subcobertura é utilizada em telhados/coberturas com o objetivo de garantir maior conforto térmico no verão e no inverno.

* Outras soluções semelhantes / relacionadas: Tinta Térmica para Telhas | Impermeabilização com Manta Asfáltica

É composta por uma ou duas faces de alumínio de alta refletividade e baixa emissividade de radiação térmica e por uma malha de reforço mecânico de alta estabilidade e durabilidade, que aumenta a vida útil da manta. Ela compõe uma barreira radiante, ou seja, dificulta a transferência do calor por radiação.

 

Informações sobre a manta e como instalar. Fonte: Tégula-Freshfoil, Youtube

 

Características

  • Metragem: você poderá encontrar diferentes metragens, de acordo com o fornecedor. Exemplos: bobinas de 10, 25 e 50m² (Duralfoil)
  • Largura: 1,30m (Duralfoil), 1,20m Freshfoil
  • Refletividade: 95% (Duralfoil e Freshfoil Super), 99% (Freshfoil Premium)
  • Emissividade (propriedade de emitir calor: quanto mais baixa a emissividade, mais o calor é refletido): 5% (0,05)
  • Resistência: resistente à umidade, à prova de fungos e bactérias, não é atacada por insetos e roedores
  • Sustentabilidade: é 100% reciclável
  • Antichama: a maioria não propaga o fogo em caso de incêncios e curto circuitos - verificar na embalagem do produto.

 

Onde Utilizar?

  • Telhados e paredes
  • Casas
  • Galpões, fábricas, armazéns, silos
  • Lojas, escritórios, edifícios
  • Hospitais, igrejas
  • Caminhões baú, containers

 

Vantagens

  • No verão: impede que as irradiações de calor cheguem ao ambiente, proporcionando um clima mais ameno. Segunda a Tégula, a manta Freshfoil, em conjunto com o produto Topflex, reduz a temperatura em até 5ºC no interior dos ambientes;
  • No inverno: impede que o calor produzido no ambiente escape com facilidade, proporcionando temperatura agradável nos dias frios;
  • Conforto acústico: se a manta for composta por uma camada de material acústico, como plástico bolha, ajudará a reduzir o som transmitido para dentro do ambiente (produzido por chuvas e ventos);
  • Economia: reduz o gasto de energia com equipamentos como o ar condicionado. Segundo a Tégula, o uso da manta (como indicado por eles) reduz o consumo de energia com o ar condicionado em até 43%;
  • Infiltrações e Goteiras: aumenta a impermeabilidade de telhados, lajes e forros, impedindo possíveis infiltrações e goteiras, decorrentes de chuvas com vento, caimentos inadequados (baixa inclinação), quebras e movimentações de telhas e encaixes incorretos;
  • Sujeiras: impede a entrada de fuligens, insetos, poeira, etc.;
  • Valor/Custo: é um material acessível, de baixo custo. Em média são encontradas de R$2,70 a R$5,00/m² (sem considerar o valor da instalação/mão-de-obra);
  • Produto sustentável: reduz o consumo de energia elétrica e é 100% reciclável;
  • Instalação: não exige mão-de-obra especializada. Sua colocação é rápida e segura;

 

Tipos de Mantas de Subcobertura

De acordo com a necessidade, é possível escolher diferentes materiais:

Uso Residencial:

  • 1 Face de Alumínio - para evitar goteiras e infiltrações: poderá ser utilizada uma manta simples, com uma face de alumínio, a qual atende às exigências mínimas como isolante térmico (protegerá o edifício do calor, mas com baixo desempenho). Poderá ser utilizada em telhados de telhas cerâmicas, de concreto, de encaixe ou similares (telhas pequenas), trazendo proteção contra goteiras. Exemplo: Duralfoil Al1 (Linha Básica) e Freshfoil Super. / A manta Duralfoil SC (Linha Especial) possui em sua malha fios de fibra de vidro como reforço, permitindo sua instalação em todos os tipos de telhas e telhados. Ela possui maior estabilidade dimensional e durabilidade. Sua face de alumínio pode ser instalada para baixo (interior da construção), proporcionando maior eficiência térmica ao longo do tempo;
  • 1 Face de Alumínio - para evitar goteiras e infiltrações - com proteção extra: esta manta é semelhante à anterior, mas com um diferencial: possui uma camada extra de proteção contra agressões da maresia, poluição, cimento, metais e outros agentes poluidores, aumentando sua vida útil. Exemplo: Duralfoil Acqua (Linha Básica);
 

  

Manta de Subcobertura com 1 camada de alumínio + 1 camada de polietileno | Manta de Subcobertura com 2 camadas de alumínio + 2 camadas de polietileno. Imagens: Freshfoil - Tégula

 

  • 2 Faces de Alumínio - para conforto térmico: é uma manta de alto desempenho, atendendo à maioria das necessidades das coberturas. É indicada para telhas de encaixe, cerâmica, concreto e similares (especialmente telhados residenciais). Ela protege contra o calor irradiado e conduzido e também impermeabiliza a cobertura, evitando possíveis goteiras e entrada de sujeiras e pequenos insetos. Exemplo: Duralfoil Extra (Linha Básica) e Freshfoil Premium;
  • 2 Faces de Alumínio - com fibras de vidro: a presença de fibras de vidro entrelaçadas na malha de reforço da manta cria um produto de maior durabilidade e estabilidade dimensional, podendo ser utilizada em indústrias, comércios e residências e em todos os tipos de telhas. É indicada como barreira à propagação do fogo. Exemplo: Duralfoil 50 (linha Especial);
  • 2 Faces de Alumínio - para grandes telhados: a manta poderá ter em sua composição uma camada de reforço Kraft, o qual reduz sua flexibilidade, tornando-a ideal para instalações de telhados de grandes dimensões. A manta ficará exposta internamente e possui um acabamento uniforme. Exemplo: Duralfoil MULTI/2
  • 2 Faces de Alumínio - com isolante acústico: uma manta térmica com fibra de vidro e uma camada de plástico bolha é um excelente material para conforto acústico (reduzindo barulhos provocados por chuvas e ventos) e térmico. Sua composição a torna menos flexível, permitindo um acabamento mais uniforme de sua superfície. Por ter maior estabilidade térmica, reduz as variações extremas de temperatura, dia/noite por exemplo, evitando condensações e goteiras para o interior do ambiente. Exemplo: Termofoil (Linha Especial).

 

Uso Comercial:

  • 1 Face de Alumínio - para evitar goteiras e infiltrações: A manta Duralfoil SC (Linha Especial) possui em sua malha fios de fibra de vidro como reforço, permitindo sua instalação em todos os tipos de telhas e telhados. Ela possui maior estabilidade dimensional e durabilidade. Sua face de alumínio pode ser instalada para baixo (interior da construção), proporcionando maior eficiência térmica ao longo do tempo;

 

  • 2 Faces de Alumínio - com fibras de vidro: a presença de fibras de vidro entrelaçadas na malha de reforço da manta cria um produto de maior durabilidade e estabilidade dimensional, podendo ser utilizada em indústrias, comércios e residências e em todos os tipos de telhas. É indicada como barreira à propagação do fogo. Exemplo: Duralfoil 50 (linha Especial);
  • 2 Faces de Alumínio - para grandes telhados: a manta poderá ter em sua composição uma camada de reforço Kraft, o qual reduz sua flexibilidade, tornando-a ideal para instalações de telhados de grandes dimensões. A manta ficará exposta internamente e possui um acabamento uniforme. Exemplo: Duralfoil MULTI/2;
  • 2 Faces de Alumínio - com isolante acústico: uma manta térmica com fibra de vidro e uma camada de plástico bolha é um excelente material para conforto acústico (reduzindo barulhos provocados por chuvas e ventos) e térmico. Sua composição a torna menos flexível, permitindo um acabamento mais uniforme de sua superfície. Por ter maior estabilidade térmica, reduz as variações extremas de temperatura, dia/noite por exemplo, evitando condensações e goteiras para o interior do ambiente. Exemplo: Termofoil (Linha Especial).

 

Instalação

A manta de subcobertura possui rápida e fácil instalação, não exigindo mão-de-obra especializada.

 

Exemplo visual da colocação e fixação da manta. Imagem: Freshfoil - Tégula

 

Instalação em Telhado Novo

Deve ser posicionada entre os caibros e as ripas. Após a colocação de todos os caibros, a manta é estendida no sentido transversal aos caibros– começando do beiral em direção à cumeeira (de baixo para cima). As mantas devem ficar sobrepostas 10cm e, para garantir a estanqueidade do sistema, pode-se utilizar uma fita adesiva aluminizada nas áreas sobrepostas. Sua fixação ocorre por pregos ou grampos.

 

Como Instalar manta térmica. Fonte: Portal Clique Arquitetura.

 

O próximo passo é a colocação das ripas ou você ainda poderá optar por instalar contra-caibros com 1 ou 2cm de espessura (pregados no mesmo sentido dos caibros) e depois as ripas. Esta 2ª opção possibilita uma melhor fixação da manta e cria um espaçamento maior entre ela e as telhas, facilitando a circulação do ar – fundamental para que a manta atinja sua plena eficiência. O lado refletivo (com alumínio) nunca deve ser instalado grudado no forro ou no telhado.

Por último, será feita a colocação das telhas, encaixando-as nas ripas.

 

 

Como Instalar manta térmica. Fonte: Portal Clique Arquitetura.

 

Detalhes Importantes da Instalação:

  • Mantas de Subcobertura com 1 Face Aluminizada: Instalar a face aluminizada para baixo (voltada para o interior do ambiente): isso impede o acúmulo de sujeiras sobre a manta, aumentando sua durabilidade - indicado pela Duralfoil e pela Freshfoil;
  • Na cumeeira, topo do telhado, abra um "rasgo" de 3 a 4cm para garantir a ventilação do telhado e a saída do ar quente e úmido (evitar a condensação e eventuais gotas para o interior) - dica da Freshfoil. Você também poderá utilizar o produto TopFlex da Tégula, o qual protege a cumeeira de trincas que podem surgir na argamassa com o tempo, resultando em infiltrações e goteiras;
  • Opte por usar contra-caibros: sua instalação permite criar o espaço de ar adequado para a ventilação;
  • Janelas/entradas de luz no telhado: a manta pode ser cortada com estilete apenas naquele ponto e dobrada adequadamente (veja o vídeo mostrado no início deste artigo);
  • É muito importante que haja um espaço de ar entre a manta e as telhas e a manta e o forro/laje para sua circulação e dissipação do calor e umidade;
  • A manta deve ficar afastada no mínimo 7,5 cm de todos os lados de elementos que gerem calor, como por exemplo: chaminés, luminárias, fios de eletricidade (faíscas ou chamas);
  • Para unir/colar a manta: utilize uma fita adesiva própria, a qual possui uma face em alumínio, composição semelhante à manta, e outra face auto-adesiva. Estas são vendidas em rolos. Exemplo: Duralfita.

 

Perguntas e Respostas

Encontre aqui várias respostas para as perguntas mais comuns sobre manta de subcobertura:

 
  • Posso instalar a manta em telhado já existente, sem retirar as telhas?

Sim. As faixas devem ser fixadas paralelamente à cumeeira, começando pela parte mais alta do telhado. A fixação deve ser feita com grampos ou pregos. Cubra toda a superfície, sobrepondo 10cm nas emendas, as quais devem ser unidas por fita adesiva específica. Fonte: Duralfoil

 

Imagem ilustra como colocar a manta sem retirar as telhas. Imagem: Duralfoil

 

Exemplo da aplicação da manta em galpão já existente: deve ser feita a fixação de arames galvanizados ou com capa de plástico a cada 20 ou 25cm, fixados na própria estrutura do galpão. Eles podem seguir o formato da cobertura (imaem 2a) ou ficar paralelos ao chão (imagem 2b). Nestas condições não se obtém impermeabilidade. Imagens e informações: Duralfoil

 

  • Qual lado deve ser fixado para cima?

"Para funcionar como isolante térmico o lado brilhante deve ficar virado para um espaço de ar de no mínimo 2cm. Quando houver forro ou laje sugerimos virar a face de alumínio para baixo, pois a face que fica para cima sofre mais agressões durante a instalação, bem como acúmulo de sujeira ao longo do tempo." - Fonte: Duralfoil

 

Imagens mostram a importância de um espaço de ar entre a manta e o telhado e a manta e o forro/laje. Imagem: Duralfoil

 

  • Como fazer o acabamento dos beirais?

O Duralfoil sempre deve chegar até o beiral, sem formar embolsamento. Em caso de ter uma calha, deixe o produto chegar até a metade da mesma. Se o escoamento for por queda d´água cubra a altura do caibro com o produto. Fonte: Duralfoil.

 

Imagem mostra como deve ser o acabamento da manta no beiral. Imagem: Duralfoil

 

  • Como instalar a manta de subcobertura em paredes?

Para garantir seu desempenho máximo é necessário instalá-la afastada da fonte de calor (no caso a parede que recebe o sol), formando uma camada de ar. Recomendamos também que seja deixada uma folga/ondulação, como mostra a figura, e que a face aluminzada fique voltada para a parede, sem encostar. Fonte: Duralfoil

 

Imagem mostra a instalação da manta de subcobertura em uma parede. Imagem: Duralfoil

 

  • Como instalar a manta em telhados com telhas grandes?

Aparafuse ou amarre os arames entre as terças, a uma distância de 30cm. Sugerimos o uso de arame galvanizado nº 16, para vãos não maiores do que 8m. Desenrole a manta no sentido do beiral para a cumeeira, paralelamente ao beiral. Para fixar o produto use pregos ou grampos para estruturas de madeira ou parafusos atarrachantes para estruturas metálicas. Fixe as telhas colocando vedação nos ganchos. Fonte: Duralfoil.

 

Arames foram fixados e sobre eles a manta. Por último, a colocação das telhas. Imagem: Duralfoil

 

Em galpões com telhas grandes, a escolha da disposição dos aramess (fixados a cada 30cm) deve ser em função do objetivo: isolante térmico e barreira para goteira, fixar os arames no sentido contrário da instalação da manta (imagem 3a). Se o objetivo for apenas isolamento térmico, instalar os arames paralelamente à estrutura existente (veja a imagem 3b) e a manta transversalmente a este. Imagens e informações: Duralfoil

 

  • É possível instalar a manta térmica em telhados com estrutura metálica?

Sim. Neste caso utilize parafusos atarrachantes.

 

O primeiro desenho mostra a fixação da manta em estrutura metálica através do uso de parafuso atarrachante em viga metálica e o segundo sua fixação em terça. Imagens: Duralfoil

 

  • Quanto mais grossa a manta térmica, melhor seu isolamento?

Não. Sua qualidade depende da sua composição e de uma boa colocação.

  • No inverno minha casa ficará mais fria?

Não. Com a manta térmica a variação de calor será menor (menos brusca) e ela irá demorar mais tempo para esfriar.

  • A manta térmica funciona como os demais materiais isolantes (lã de vidro, isopor, ...)?

Não, pois a manta reflete o calor, enquanto que estes outros materiais tem ar em seu interior, reduzindo as trocas de calor por condução.

  • É possível determinar quantos graus ºC diminuirá com a instalação da manta de subcobertura?

Não, pois este valor dependerá da região (chuvas, temperatura, umidade do ar, ventos...), dos demais materiais envolvidos (telhado, forro, laje, ...), do material utilizado como manta e da sua instalação.

  • É possívvel usar a manta de subcobertura para outros fins?

A manta de subcobertura foi pensada para ser utilizada em coberturas ou em paredes como isolante térmica. Não foi fabricada para ser utilizada em outros fins.

 

+ SAIBA MAIS | Tinta Térmica para Telhas | Impermeabilização com Manta Asfáltica

 

Fontes Consultadas

 

 

+ SAIBA MAIS | Coberturas e Telhados

 

 

Veja também

Artigos mais lidos

Artigos mais comentados