Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Livros: Dicas de Leitura
VOLTAR

O livro Desenhe primeiro, pense depois

Um guia prático para começar, agora, a desenhar: monte um kit básico de desenho e encontre motivação.

Por:       20 de Maio de 2018   |   VISUALIZAÇÕES 1.794

Desenhe, mesmo sem tempo

Um caderno de sketching: este é o visual do livro Desenhe primeiro, pense depois, publicado pela editora GG Brasil.

Já de cara podemos sentir qual o objetivo de Mike Yoshiaki Daikubara: incentivar o leitor a criar o hábito de desenhar, mesmo que não tenha tempo, habilidade ou ferramentas para isso.

O livro é pequeno, fácil de carregar e incentiva a consulta rápida. O que mais chamada a atenção, logo no início, é que o autor propõe que para desenhar não precisamos de muito tempo e muito menos sacrificar nossos momentos com a família e com os amigos para dedicar alguns minutos à nossa paixão.

Do que de fato precisamos para começar a desenhar? De algum tempo e de energia suficiente para nos motivar.

 

Para entender o livro, descrevo seus tópicos por capítulos:

 

Ferramentas: visão geral

Mike lista o que precisamos para começar a “jornada” de urban sketchers e propõe um kit básico de desenho e pintura, o que é bem interessante. São detalhes que facilitam o dia-a-dia e tornam possível levar a paixão pelo desenho para qualquer lugar.

 

 

Técnicas de Traçado

São abordadas noções básicas de perspectiva, escala, simetria, ângulo e composição, assim como dicas sobre “por onde começar a desenhar?”.

 

 

Técnicas de cores

Mike recomenda o uso de aquarela (sobre a qual já falei em alguns artigos, como Redescubra a AquarelaAquarela para Urban Sketchers e Aquarela: Inspirações e Técnicas).
Ele apresenta um passo a passo sobre como colorir e dá dicas importantes sobre como misturar as cores, quais tonalidades devem ser pintadas primeiro, cuidados que devemos ter ao pintar e muitas outras informações valiosas.

 

 

Até o fim

Sempre termine os seus desenhos! Mas como nem sempre é possível, podemos deixar algumas etapas para concluir depois. E serão estes os detalhes que Mike irá abordar neste tópico, assim como sobre o uso de textos nos desenhos, o que confere uma atmosfera bem diferente à arte.

tópico o autor me surpreendeu com uma ideia muito boa ** / Mas prefiro não contar aqui... vou deixar para vocês descobrirem ;)

 

Exemplos da vida real

Este capítulo traz exemplos de desenhos feitos pelo autor quando não tinha muito tempo e a maioria deles quando estava em viagens.

 

 

Pense depois

E para finalizar, Mike apresenta diferentes técnicas de desenho e pintura, experimentadas em seus vários anos de prática e aprendizagem.

Dois tópicos importantes são sobre “segurança” e sobre “desenhar de pé”.

E para finalizar, Mike resume, através de um guia rápido, sobre como começar a desenhar e apresenta referências de ferramentas para guiar o leitor e facilitar suas aquisições.

 

 

Minha opinião sobre o livro

O livro Desenhe primeiro, pense depois me lembrou o livro Como desenhar a figura humana, porque ambos incentivam o leitor a desenhar sem medo. No entanto, Desenhe primeiro, pense depois é mais direto e fácil (sem falar que o foco é bem diferente, é claro).

Se eu quisesse começar a desenhar, escolheria este livro sem dúvidas: ele traz um passo a passo, apresenta técnicas e ferramentas que podem ser usadas facilmente e traz dicas valiosas para o início imediato.

É um livro “leve” e que traz uma sensação muito boa de otimismo e de sucesso: precisamos de muito pouco (tempo e material) para começar a rabiscar por aí. Além disso, a perspectiva de evolução é certa e logo estaremos colecionando desenhos muito interessantes em nosso acervo pessoal.

 

Indicação

 

     

 

 

+ SAIBA MAIS | Livros: Dicas de Leitura
TAGS:
  RELACIONADOS
Livro 101 Regras Básicas para uma Arquitetura de Baixo Consumo Energético
Livros sobre Design
Livro Leia isto se quer fazer Desenhos Incríveis
Livro: dimensionamento humano para espaços interiores

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2018 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS