Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Iluminação
VOLTAR

O que é arandela e como usar?

O que é arandela, como e onde usá-la? Confira estas e outras dicas sobre este tipo de luminária.

Por: Arquiteta Nadine Voitille       12 de Agosto de 2018 - ATUALIZADO EM: 25 de Setembro de 2018   |   VISUALIZAÇÕES 530

Planejando a Iluminação

Quando vamos decorar é comum deixar a etapa da iluminação para o final, no entanto, isso está errado. O projeto luminotécnico deve ser pensado junto com o projeto de arquitetura e/ou de decoração, assim haverá harmonia e funcionalidade em todos os detalhes.

É possível criar vários efeitos de iluminação usando diferentes tipos de luminárias e de lâmpadas. Por isso, neste artigo, falarei sobre as arandelas: um tipo de luminária muito usada tanto dentro, como fora de casa.

 

O que é uma arandela?

Arandela é um tipo de luminária que é fixada na parede. Normalmente, ela é utilizada para fornecer luz de apoio e difusa. Ela proporciona conforto e ao mesmo tempo confere sofisticação ao espaço.

 

 Arandela é um tipo de luminária que é fixada na parede. 

Arandela é um tipo de luminária que é fixada na parede. Foto: Neil Daftary - Unsplash.

 

Tipos de Arandela

É possível classificar as arandelas de acordo com a maneira que joga a luz no ambiente:

 

Tipos de arandelas.

 

São aquelas que jogam a luz diretamente, como diz o próprio nome, por serem transparentes (geralmente de vidro). Exemplo: arandelas do tipo tartaruga, muito usadas em áreas externas.

 

Um material opaco (geralmente vidro) faz o fechamento da luminária e a luz espalha-se pelo ambiente de maneira suave e confortável.

 

Semelhantes a um abajur, esta arandela possui uma cúpula. Dependendo do estilo, podem ser usadas na decoração de espaços retrô ou de ambientes mais formais, como escritórios.

 

Jogam a luz para o alto. São perfeitas para iluminar fachadas ou criar iluminação indireta dentro de espaços internos (pois a luz será rebatida no teto).

 

Jogam a luz para baixo, lavando uma parte da parede com um facho de luz. Elas são indicadas para iluminação decorativa, gerando uma sensação de introspecção.

 

Diferentes tipos de aberturas podem criar diferentes tipos de efeitos de iluminação. Exemplo: um facho de luz maior para baixo e um risco de luz para o alto; um facho de luz para cima e outro para baixo em igual proporção.

Neste caso, seu efeito é bem mais cênico e você poderá pensar na sensação descrita acima (nos efeitos uplight e downlight), pois será muito parecido.

 

      

 

E é claro que seria possível listar aqui muitos outros tipos de arandela, pois podemos combinar diferentes aberturas e materiais, criando efeitos incríveis de iluminação. Mas acredito que estes exemplos já mostram quais são os principais tipos e como podemos usá-las.

O importante é integrá-la ao ambiente, à decoração e ao seu conforto. Existem no mercado vários modelos de arandelas, com diferentes cores, tamanhos, estilos e materiais. Naturalmente, antes da compra, você deverá ter um projeto, o qual indicará a quantidade de luminárias necessárias, seu tamanho (e demais características físicas) e tipo de lâmpada que deverá priorizar.

 

De modo geral, os modelo mais simples causam um bonito visual luminotécnico. São fáceis de combinar com as cores das paredes, com o ambiente; a não ser que você tenha uma decoração muito diferenciada, a escolha deverá ser bem avaliada.

 

Onde usar arandelas?

Por ser uma luminária de luz suave e que fornece uma luz mais direcionada, ela normalmente é indicada para locais como fachadas, varandas, jardins, corredores, lavabos, banheiros e quartos.

Seu uso não é indicado para iluminar todo o ambiente, mas sim para valorizar paredes e dar apoio onde é necessário. Veja abaixo alguns exemplos interessantes:

 

Em corredores

As arandelas iluminam a passagem e proporcionam segurança a que transita por ele. Elas também criam efeitos de iluminação que surpreendem e valorizam a decoração sem poluir o visual. Você poderá utilizá-las, inclusive, como balizadoras, criando ritmo ao repetir seu uso.

 

Em banheiros e lavabos

As arandelas podem ser usadas para criar efeitos decorativos, assim como para auxiliar na iluminação funcional do espaço.

 

Arandelas simétricas em banheiro.   Arandela com cúpula decorando banheiro.

As arandelas com cúpula são delicadas e combinam com diferentes estilos de decoração. Projetos: Santos e Santos Arquitetura.

 

Em Quartos

Nos quartos as arandelas são muito utilizadas nas cabeceiras das camas, sobre os criados-mudos, fornecendo uma luz suave e que muitas vezes pode ser usada para leitura. Uma grande vantagem desta escolha é a possibilidade de eliminar o uso de abajures (isso é indicado, especialmente, para quartos de idosos). Saiba mais: Abajures para Quartos: Como Escolher | Quarto adaptado para idosos

 

Neste projeto, do escritório Santos e Santos Arquitetura, os abajures foram substituídos por arandelas.

 

Existem diferentes estilos de arandelas, que tal esta? Projeto: Santos e Santos Arquitetura.

 

As arandelas são indicadas especialmente para ambientes pequenos, pois diminuem o número de itens sobre mesas e aparadores. Isso livra o espaço, que parece maior, mais limpo e organizado.

Já para ambientes amplos, elas cumprem a função de conferir charme e destaque a pontos visuais específicos.

Lembre-se de que as arandelas externas precisam ser feitas de materiais mais resistentes para não estragar com as intempéries.

Conclusão? Elas podem ser usadas em todos os tipos de ambientes, basta saber qual o efeito desejado e a sua função.

 

Arandelas com lâmpada do tipo vela.

Neste restaurante, as arandelas tem um estilo retrô e a lâmpada tem o formato de vela. Distribuídas simetricamente em relação ao espelho, compõe perfeitamente com os acessórios decorativos. Foto: Nathan Fertig - Unsplash.

 

Arandelas retrô em banheiro.

Estas arandelas também seguem o estilo retrô e o vidro laranja gera uma luz suave que aquece a decoração. Foto: Matt Reames - Unsplash.

 

Arandela de vidro em restaurante.

Esta arandela remete a um candelabro e suas cúpulas de vidro são quase imperceptíveis, o que as torna delicadas. Foto: Katlyn Giberson - Unsplash.

 

Arandela estilo industrial em parede de concreto.

Esta arandela do tipo "industrial" compõe perfeitamente com a parede de concreto bruto na qual está fixada. Foto: Matt Reames - Unsplash.

 

Dicas para escolher as arandelas

Como foi dito no início do artigo, faça um planejamento da iluminação antes de ir às compras. Um projeto luminotécnico irá analisar a real necessidade de luz e a função das lâmpadas e luminárias.

 

 

      

 

Se você curte iluminação, assim como nós do Clique Arquitetura, não deixe se ver o nosso curso sobre o assunto:

Curso de Iluminação de Interiores com foco em Projetos Residenciais

 

Indicações

E estas são algumas indicações de livros sobre iluminação:

 

      

 

Fontes Consultadas e das Imagens

 

+ SAIBA MAIS | Iluminação
efeitos de iluminaçãoiluminação downlightiluminação up lightdicas de iluminaçãoiluminação residencialTAGS:
  RELACIONADOS
Luminotécnica: Introdução
Lâmpadas de Descarga HID
Tipos de Lâmpadas
Beleza Suspensa

1 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2018 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS