Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Revestimentos de Piso
VOLTAR

Piso de Cimento Queimado

O piso de cimento queimado confere um acabamento rústico, que pode ser sofisticado e muito belo.

Por: Arquiteta Nadine Voitille       28 de Fevereiro de 2015   |   VISUALIZAÇÕES 23.821

Piso de Cimento Queimado

Muitas vezes, técnicas antigas voltam a ser uma grande opção na hora de decorar. É o caso do cimento queimado, muito utilizado em casas no interior do Brasil.

Ele reaparece de uma forma criativa decorando pisos, paredes e tetos, com o seu acabamento rústico, moderno e prático, conferindo aos ambientes contemporâneos um diferencial sofisticado, simples e elegante.

 

Vantagens

 

Piso de cimento queimado: visual moderno e amplo, fácil de limpar e um ótimo custo-benefício. Imagem: EMC Arquitectura

 

Desvantagens

 

Mesmo com trincas, seu aspecto envelhecido ganha charme. Imagem: Cornerstone Architects

 

O que é e como aplicar

Chamamos de "piso de cimento queimado" a argamassa resultante da mistura de cimento, areia e água. Ela deverá ser aplicada sobre uma base, o contrapiso, com uma espessura de 30 mm aproximadamente.

Com ela ainda úmida, é feita a aplicação de pó de cimento (que recebe o nome de “processo de queima”) e logo após, é passada a desempenadeira de aço para que o pó seja espalhado, deixando a superfície bem lisa.

Esse processo de queima é que distingue o cimento queimado de um simples piso cimentado.

 

Onde Utilizá-lo

A utilização do cimento queimado em casas e apartamentos é uma bela opção pelo seu visual rústico e moderno. Ele pode ter como aliados o vidro e a madeira, peças de cerâmica, mármores e outros artifícios, resultando em ambientes diferenciados e elegantes.

Pela sua simplicidade e alta resistência, ele pode ser utilizado em várias partes de uma casa, tanto em áreas internas como externas, como pisos, paredes, tetos, bancadas, fachadas e pátios, desde que observados certos quesitos: devemos evitar usá-lo em áreas molhadas como banheiros, áreas de serviço ou locais que recebam a incidência direta de água, pois por ser muito liso, pode ficar escorregadio quando molhado.

Nos quartos ele também não é aconselhado por ser muito frio no inverno.

 

Escritórios e bibliotecas podem receber o piso de cimento queimado, como mostram estes exemplos. Imagem1: Projeto das arquitetas Claudia e Virgínia Pêcego Meyer - Casa.com.br | Imagem 2: Projeto de Nina Maria Jamra Tsukumo - Casa.com.br

 

Salas e varandas ganham charme com o piso de cimento queimado. Perceba que é possível utilizarmos cores e desenhos diferentes, valorizando a decoração e a arquitetura do ambiente. Na segunda imagem podemos notar que ao invés de serem usadas as tradicionais juntas de dilatação, foram usados frisos paralelos e perpendiculares, criando desenhos no piso, juntamente com peças cerâmicas de 10x10cm (primeiro o desenho foi marcado com barbantes, então foram aplicadas as cerâmicas e depois feito o piso de cimento queimado). Imagem 1: Projeto de José Carlos Sérgio - Casa.com.br | Projeto: Cadas Abranches - Casa.com.br

 

Cozinhas mais rústicas ou que contrastem o rústico e o sofisticado também são valroizadas com este acabamento. Imagem 1: Projeto de Rodrigo Amaral e Carina Pederzoli - Casa.com.br | Imagem 2: Casa.com.br

 

Durabilidade e Manutenção

O piso de cimento queimado constitui uma superfície única (uma só peça de grande dimensão), diferente da cerâmica, que pode ser de diferentes tamanhos e necessita de rejuntes.

Quando ele é bem feito, possui grande durabilidade, pois é resistente à abrasão e raramente quebra. Devido ao seu movimento diário de dilatação e contração, é muito comum o aparecimento de trincas, as quais podem ser pequenas fissuras, que não irão incomodar e até darão charme ao mesmo.

Para aumentar a sua durabilidade é indicado que o mesmo seja impermeabilizado.

A sua manutenção não requer grandes trabalhos, basta lavar com água e sabão neutro. Se quiser um melhor efeito, poderá ser aplicada cera líquida ou em pasta, principalmente nas salas de estar.

Existem produtos específicos para esse tipo de piso, como xampus de limpeza, removedores e ceras acetinadas ou brilhantes.

 

Aplicação especializada

Embora muitos profissionais afirmem que sabem fazer esse tipo de piso, poucos são aqueles que o fazem realmente com competência.

Esse tipo de piso é feito no local e o seu bom resultado irá depender de quem irá aplicá-lo. Por esse motivo, deverá ser contratado um profissional especializado para que o mesmo o faça com o nivelamento certo do contrapiso, use junta de dilatação corretamente, observe a tonalidade (evitando grandes variações) e a espessura da camada.

 

Aspecto e Cor

O aspecto do piso de cimento é de um piso sem emendas, feito em uma única camada, sem rejuntes, apenas com leves linhas de dilação, que quando são da mesma cor do piso, dconferem ao ambiente uma sensação de amplitude.

Além da cor de cimento podemos obter outros resultados acrescentando pó xadrez e Bayferrox (pigmentos fabricados pela Bayer, que são adicionados para dar cor) à massa. Com eles obteremos as cores vermelha,  amarela, azul e verde, entre outras.

Para se obter tons mais claros ou sóbrios pode-se juntar pó de mármore ou de granito à massa. E também utilizar cimento branco e areia branca na argamassa base.

 

 

É possível escolher diferentes cores para o piso de cimento queimado. Assim como é possível criar desenhos e combiná-lo com outros materiais. Imagem 1: Primeiro foi assentada a cerâmica (que foi besuntada com óleo de cozinha para não sujar com a aplicação posterior do cimento) e depois executado o piso de cimento. Projeto de Paulo Spaniol e Jóia Bérgamo - Casa.com.br | Imagem 2: Nesta sala, tábuas de ipê foram intercaladas com o piso de cimento, criando uma paginação ritmada e disfarçando as juntas do piso. Projeto: Arquiteta Renata Pereira Barbosa - Casa.com.br | Imagem 3: Nesta sala, o piso de cimento queimado foi combinado com o granilite. Projeto de Rita Muller. Foto: Casa.com.br | Imagem 4: Aplicado em uma casa de praia, é rústico e fácil de limpar. Projeto de Enio Aronis. Foto: Casa.com.br

 

Custo e Onde Encontrar

O que torna o uso do cimento queimado uma boa opção é o seu baixo custo, pois utiliza basicamente cimento, areia e água e se quiser dar cor é só adicionar aditivos. Assim, piso e acabamento ficam prontos ao mesmo tempo.

O que vai encarecer é a mão de obra que é mais alta, pois os profissionais terão que ser especializados e geralmente cobram por hora trabalhada.

A areia, o cimento e os aditivos utilizados para dar cor podem ser encontrados em lojas de materiais de construção. Outra opção são as misturas semi-prontas de cimento queimado, com cores tradicionais ou coloridas. É o caso do Tecnocimento, que é um revestimento cimentício com uma variedade de 16 cores, que fornece um visual elegante e despojado.

 

Fontes Consultadas e das Imagens

 

 

+ SAIBA MAIS | Revestimentos de Piso

 

 

pisosacabamentos em pisospiso queimadocimento queimadoTAGS:
  RELACIONADOS
Laminado de PVC - Piso Vinílico
Piso de Porcelanato Líquido
Piso de Cimento Queimado
Reforma sem quebra-quebra

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2018 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS