CLIQUE ARQUITETURA • www.cliquearquitetura.com.br
Pesquise milhares de fotos e salve suas favoritas. Pergunte, comente, divulgue suas ideias!
CADASTRE-SE NO CLIQUE ARQUITETURA
Artigos

Quarto Adaptado para Idosos

Transforme o quarto do idoso em um ambiente de conforto e segurança seguindo algumas dicas.

Por Arquiteta Nadine Voitille Seguir

0 Gostar

Categoria: Arquitetura & Urbanismo: Acessibilidade

+ Salvar em álbum de ideias

Quarto Adaptado para Idosos

O quarto é um dos ambientes mais utilizado pelo idoso. Deve, portanto, ser planejado para atender a todas as possíveis necessidades de quem permanece muito tempo neste local: dormir, descansar, ver televisão, escutar música, realizar atividades manuais como bordar e escrever.

 

Suíte da Avó, por Gisela Carnasciali Miró. Casa Cor Paraná 2010. Fonte: Casa Abril

 

Elementos Construtivos

O quarto do idoso deve estar localizado no térreo com acesso fácil ao banheiro. Alguns detalhes construtivos podem ser planejados, facilitando o dia-a-dia e valorizando o conforto e a segurança:

  • Conforto Psicológico: As janelas devem valorizar belas vistas: paisagens ou o movimento da cidade (para estimular os sentidos);
  • Conforto Físico: Esteja atento à orientação do quarto, o qual deve ser bem iluminado e ventilado.

 

Layout do Quarto

  • Quanto mais completo e confortável, melhor: integre o espaço de dormir ao banheiro e se possível crie um pequeno estar, o qual poderá ter uma copa.
 

Apartamento de um quarto, ROBSON 1997. Fonte: Quevedo.

 

Porta do Quarto

  • Mínimo 80cm de largura (90cm é melhor);
  • A maçaneta deve ser linear facilitando a abertura da porta (evitar modelos arredondados). Prefira o sistema de alavanca e com material aderente para que a mão não escorregue na hora de abrir.
 

Janela

  • Deve ser leve, com abertura para dentro do ambiente (evitando que o idoso tenha de se alongar para fechá-la) ou de correr;
  • Vidros com isolamento acústico para um sono mais tranquilo.
 

Quarto com vista para jardim. Fonte: Youwall

 

Circulação

  • A circulação entre o Quarto e o Banheiro deve ser facilitada, sem qualquer objeto no caminho;
  • Caso exista um corredor entre estes dois ambientes, deve-se prever uma iluminação automática através do uso de sensores. Saiba mais: Automação Residencial
 

Banheiro

 

Banheiro adaptado (ver normas brasileiras no artigo Banheiro Adaptado). Fonte: Suite101

 

Móveis

Escolha os móveis adequados para o quarto do idoso e tome os seguintes cuidados:

Cama

  • Deve ter cabeceira para permitir que a pessoa possa se encostar;
  • Sua altura deve permitir ficar sentado e apoiar os pés no chão facilitando o equilíbrio (evitando tonturas) - geralmente entre 45 e 65cm dependendo do idoso;
  • Para evitar que o cobertor caia no chão deve-se prendê-lo nos pés da cama;
  • Usar apenas um travesseiro para evitar possíveis sufocamentos;
  • Colchão e travesseiros devem estar de acordo com as necessidades de saúde da pessoa (como o peso);
  • Deve ter estrado  robusto e resistente, pois muitos idosos se “soltam” quando vão se sentar;
  • Uma cama mais larga permite maior conforto e reduz as chances de acidentes à noite.
 

 

Cama com altura correta para sentar e cabeceira para encostar. Fonte: Blog da Pitoresca.

 

Mesa Lateral

  • A mesa lateral deve ter cantos arredondados;
  • Sua altura deve ser igual ou um pouco mais alta que a cama (aprox. 10cm);
  • Se possível deve ser fixada no chão ou na parede para que, caso a pessoa se apóie, ela não se mova;
 

Armários

  • Com luzes internas para facilitar a visualização;
  • Portas devem ser leves;
  • Cabideiros devem ser baixos;
  • Gavetas devem ter trava de segurança;
  • Puxadores devem ser do tipo alça;
  • Corrediças tornam gavetas mais leves;
  • Prateleiras com alturas variáveis;
 

Armários com altura máxima de 1,40 e 40cm para acesso inferior. Cabideiro desce e portas são de correr. - FRANK, 1998. Fonte: Quevedo.

 

Estantes

  • Devem ser fixadas na parede para que não caiam caso o idoso se apóie nelas;
 

Poltrona

  • Deverá ser prevista uma poltrona para auxiliar vestir meias e sapatos;
  • Braços facilitam o descanso e também auxiliam quando o idoso for se levantar;
  • Deverá ter acento com tecido/almofada fofa, para que seja confortável;
  • Poltronas reclináveis são ótimas para as horas de descanso;
  • Deve ficar encostada na parede, para não atrapalhar a circulação;
  • Deverá ter espaldar alto.
 

 

Poltrona: possui um sistema elétrico que auxilia na inclinação, inclusive facilitando passar da posição sentada para em pé. Alguns modelos possuem aquecimento ou até mesmo função de massagem. Fonte: Ortobedding (empresa de Portugal).

 

Móveis adaptados para idosos: alturas adequadas. Fonte: Tagar (empresa da Espanha).

 

Equipamentos Auxiliares

Alguns itens podem ajudar muito na segurança dos idosos e no socorro em caso de acidentes:

  • Deve haver lanterna na gaveta para emergências;
  • Telefone e números de auxílio e campainha próximos da cama;
  • Relógio digital com números grandes;
  • Controle remoto de TV e ar condicionado.

 

Decoração

A decoração correta protege o idoso e lhe garante conforto (físico e psicológico) e autonomia. Atenção: nada de criar espaços semelhantes a hospitais! O quarto deve ser alegre e estimulante:

 

Conforto Térmico

  • Ar condicionado com controle remoto;
  • Persianas e películas de proteção nos vidros;
  • Pisos mais quentes, como os de madeira.
 

Iluminação

  • Abundante e uniforme: tenha uma iluminação geral a qual pode utilizar lâmpadas fluorescentes para tornar o espaço bem claro;
  • Opte por lâmpadas anti-ofuscantes (lâmpadas leitosas permitem iluminação indireta);
  • Interruptor em altura confortável 1,10m próximo à porta de entrada do quarto;
  • Deve haver um interruptor próximo à cama para que não seja necessário se levantar para acender a luz (pode ser na própria cabeceira da cama);
  • Interruptores com botões iluminados;
  • Colocar tomadas numa altura de 46 a 50cm do chão, evitando um maior esfoço e risco de acidentes.
  • Uma opção é utilizar arandelas perto da cama para dispensar o uso de abajures e reduzir o número de objetos sobre a mesa de canto, tornando-a livre para copo de água, remédios e outros objetos úteis. Caso queria usar abajures, fixe-os na mesa.
 

Suíte dos Avôs, dos Arquitetos Nelson Gonçalvez, Agnaldo Secco e Maria Valéria Lopes. Fonte: Jornal da Orla, redação/fotos de Leandro Amaral.


Tapetes

  • Evite o uso de tapetes, pois podem provocar quedas. Como carpetes podem provocar alergias, uma solução para proteger os pés próximo da cama é usar fitas adesivas para fixar o tapete no chão e opte por modelos de cerdas baixas.
 

Persiana

  • Prefira persianas do que cortinas, pois acumulam menos pó;
  • Opte por modelos que possuem sistema que facilita a abertura / fechamento.
 

Corrimão

  • Pode ser instalado um corrimão ao lado da cama para facilitar na hora de levantar-se.
 

Guarda-Corpo

  • Caso exista uma sacada no quarto do idoso, instale um guarda-corpo com altura entre 85 e 90cm para permitir o apoio e evitar vertigens. Outra solução para evitar possíveis quedas é a instalação de redes de proteção;
 

Materiais

  • Evite vidros e materiais cortantes.
 

Cores

  • Cores claras tornam o espaço mais iluminado;
  • Cores fortes pontuais garantem vida e alegria estimulando os sentidos;
  • Verde e azul são tranquilizantes;
  • Laranja e amarelo são energizantes e ótimas para estimular o apetite;
  • Muito branco pode estimular a tristeza.
 

Suíte da Avó da Arquiteta Gisela Carnasciali Miró. Fonte: Blog Leite Quentee News

 

Veja Também

 

Fontes Consultadas e Indicadas

 

 

< Voltar   Arquitetura & Urbanismo :: Acessibilidade

 

 

 

ads

Veja também

Artigos mais lidos

Artigos mais comentados