Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Dicas & Curiosidades
VOLTAR

Sofá e almofadas: uma dupla inseparável

As almofadas podem deixar o sofá mais bonito e criativo ou torná-lo apagado. Confira as dicas de profissionais.

Por: Mão Dupla Comunicação       19 de Março de 2013   |   VISUALIZAÇÕES 9.665

Tudo combinado?

Almofadas e sofás são assim: uma parceria que deu tão certo que mais parece que foram inventados juntos. Todavia, as almofadas podem deixar o sofá mais bonito e criativo ou torná-lo apagado. Profissionais de arquitetura trazem dicas para quem não quer errar

 

Há combinações que de tão perfeitas tornam-se regra. Já parou para pensar quão sem graça é o queijo sem goiabada? Dá para imaginar um circo sem palhaço? E futebol sem bola? Como diz a música ‘Fico assim sem você’, que ficou famosa nas vozes da dupla Claudinho e Buchecha, há coisas que não existem sem outras. Isto parece se aplicar à dobradinha sofá com almofadas.  Elas parecem dar vida e graça a ele e ambos à sala.

“As almofadas colorem, acrescentam texturas, estampas ou, simplesmente, mais conforto e aconchego. Quando um sofá não tem almofadas, fica seriamente prejudicado”, afirma a arquiteta Estela Netto. A também arquiteta AdrianaMorávia, concorda e acrescenta: “Por meio das almofadas, podemos dar identidade para o sofá. Elas podem complementar o design desse móvel ou criar contraste”.

 
 

A arquiteta Estela Netto explica que as almofadas tem o poder de colorir, dar texturas, proporcionar mais conforto e aconchego. Quando um sofá não tem almofadas esses elementos ficam seriamente prejudicados.

 

Mas para lançar mão dessa dupla é preciso ter bom gosto e cuidado. Adriana dá algumas dicas. “Quando a almofada não faz parte do modelo do sofá, o tecido deve ser diferente, inclusive para criar contraste entre as texturas. Uma boa ideia é combinar almofadas em couro com outras em algodão, mais rústicas, ou misturar tecidos estampados/ listrados com tecidos lisos. Caso o sofá tenha design mais clássico e sofisticado, pode-se usar almofadas de seda ou de veludo. Já nos sofás com detalhes em fibra natural,  uma boa opção é usar almofadas  de crochê ou de linho”, ensina.

Muita gente também tem dúvida em relação à quantidade de almofadas que podem ser colocadas sobre o sofá. Mas isso vai depender muito do estilo desse móvel. “Se o sofá tem um design mais despojado, deve-se usar várias almofadas para dar conforto. Caso ele possua desenho mais limpo, com linhas retas, e cerca de dois metros de largura, pode-se utilizar duas ou três almofadas. Agora, se o sofá tiver mais de dois metros, o ideal é utilizar duas almofadas de um lado e três do outro. Fica bonito utilizar ainda usar almofadas com formatos diferentes”, explica Adriana.

 

Adriana Morávia salienta: o uso de muitas almofadas deve ser evitado, pois polui a decoração e proporciona certo desconforto (as almofadas funcionam como obstáculos para quem se senta no sofá).

 

Estela Netto observa que a cor das almofadas é determinada  pelas nuances do décor e também pelo repertório do cliente.

 

A escolha errada das almofadas pode prejudicar o design do sofá, por isso, na dúvida o ideal é contar com ajuda de um profissional. “As almofadas podem esconder o modelo do sofá ou potencializar o design desse móvel”, encerra Estela.

 

 

+ SAIBA MAIS | Almofadas na Decoração

 

 

decorardecoraçãodecoração de interioresalmofadasdecoraTAGS:
  RELACIONADOS
Todos os tons de cinza
Como decorar um imóvel alugado
Espaço Gourmet: um convite ao lazer
O bebê cresceu. E agora?

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2018 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS