Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Quarto
VOLTAR

TV no quarto = menos sexo

Quem diria que uma "simples" tv no quarto pode reduzir o desejo sexual dos casais?

Por: Arquiteta Nadine Voitille       16 de Novembro de 2016   |   VISUALIZAÇÕES 1.912

Quando o assunto é sexo, tudo fica ainda mais interessante. Até mesmo o planejamento da decoração: muitos casais, quando planejam a decoração do quarto, fazem questão de ter uma TV bem posicionada, para trazer mais conforto e permitir que assistam a jogos e séries por longas horas (quem assiste a Netflix, por exemplo, sabe muito bem do que estou falando).

O que muitos não sabem é que estudos provaram que quem tem TV no quarto faz menos sexo do que os que não tem. Veja só:

 

O Estudo

A psicóloga e sexóloga italiana Serenella Salomoni pesquisou 523 casais e concluiu que a TV no quarto reduz pela metade a frequência de relações. Em média, os italianos que não possuem tv no quarto fazem sexo 2 vezes por semana, enquanto que os que possuem fazem apenas 1 vez.

E ela ainda pode concluir mais: o que é visto também interfere. Filmes violentos reduzem pela metade o desejo dos casais, enquanto que reality shows são ainda piores, reduzindo esta frequência para um terço. Ou seja, assista menos Big Brother... - calma... é só uma brincadeira, mas com um fundo de verdade ;)

 

Conclusão

Considerando a sociedade em que vivemos e a necessidade de valorizarmos cada vez mais os momentos que passamos juntos com quem amamos, são detalhes como estes que podem fazer a diferença na rotina de um casal. Então, que tal deixar a tv apenas para a sala? Mas, se mesmo assim você curte assistir a TV no quarto, temos um artigo que pode interessá-lo: Saiba como dispor a TV no quarto.

Se você gostou deste assunto, também poderá gostar de ler: Um quarto bom para dormir.

 

 

Fontes Consultadas

 

 

+ SAIBA MAIS | Quartos

 

 

quartos de casalTAGS:
  RELACIONADOS
Criados-mudos: o que é tendência
Saiba como dispor a TV no quarto
Um Quarto bom para Dormir
O Quarto do Torcedor

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2018 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS