Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Arquitetura e Turismo
VOLTAR

Zoo de Luján - Argentina

Conheça um zoológico diferente: nele você poderá agradar e alimentar animais selvagens.

Por: Arquiteta Nadine Voitille       28 de Outubro de 2014   |   VISUALIZAÇÕES 3.370

Zoológico de Luján - Como chegar

Quem visita Buenos Aires muitas vezes não sabe que, próximo da capital, a aproximadamente 75Km, existe um lugar no qual é possível agradar filhotes de leão e dar comida a elefantes. Onde? No Zoológico de Luján.

 

Mapa indicando caminho de Buenos Aires (capital) a Luján. Fonte: Google Maps

 

Esta é uma experiência única e quem possui pelo menos 1 dia para dedicar a este passeio, deve aproveitar a oportunidade. Para isso você deverá ir a Luján de ônibus (saindo diretamente de Buenos Aires) ou por trem a Moreno e pegar um ônibus para Luján (o que é bem barato, em torno de R$3,00 no total). Para ir de trem vá à Estación 11 de Septiembre a qual vende passagens para este município. Ao chegar em Moreno pergunte pelo ônibus vai para no zoológico. Também esteja atento ao ponto de parada, pois será na rodovia próximo a uma trincheira e a princípio você não verá o zoológico, pois terá de atravessar por baixo da estrada para ver seu acesso.

A entrada custa 50pesos (aproximadamente 20reais em abril de 2011).

 

Parada do ônibus sentido Buenos Aires/Luján. Fonte: Portal Clique Arquitetura | Chegada ao zoo a partir de Luján sentido Buenos Aires. Fonte: Panoramio

 

O Zoológico de Luján

O zoológico é como uma grande fazenda: há vários animais distribuídos em jaulas e a paisagem é muito bela. Há um passeio de trenzinho que em sua volta mostra felinos e vários tratores e carros antigos de coleção. A Fundação Ecológica Zoo de Luján busca aproximar as pessoas e os animais, permitindo um contato que busca o respeito e o cuidado.

 

Mapa interno do Zoo. Fonte: Zoo Luján

 

Sua estrutura integra-se diretamente com a paisagem. Diferentemente do Zoológico Municipal de Buenos Aires, não são utilizadas grandes construções, nem paisagismo temático, apenas o natural.

 

Paisagem interna do Zoo de Luján. Fonte: Portal Clique Arquitetura.

 

Os filhotes de leão são muito cobiçados: todos querem pegar no colo e fazer pose para fotos. Em uma das jaulas eles estão juntos com filhotes de cachorro divertindo quem quer participar de suas brincadeiras ou apenas quer assistir às suas exibições de alegria e bagunça.

 

Trenzinho, máquinas antigas e filhotes de leão. Fonte: Portal Clique Arquitetura

 

Que tal dar leite a um tigre adulto? Ou agradar um leão e ver de perto sua juba? Tanta adrenalina deixa qualquer um surpreso com o tamanho e a força que transmitem. Para os menos corajosos há cágados (semelhantes a pequenas tartarugas) e leões marinhos que podem ser alimentados, pois há locais para venda de refeições para os animais.

É possível também andar a dromedário, alimentar elefantes que fazem poses para ganhar um pedacinho de banana, ou até mesmo dar um beijo num chipanzé.

 

Tigres e dromedários. Fonte: Portal Clique Arquitetura

 

Mas cuidados com os ladrões! Sim e há muitos: patos e gansos irão persegui-lo para conseguir um tequinho da sua comida. Até bicadas você poderá levar... mas nada que não lhe faça rir.

 

Mais Informações

Ao final poderá optar por comprar fotografias tiradas por profissionais enquanto você se divertia.

Para ter nas lembranças apenas a diversão, lembre-se de ter moedas ou tarjetas para a volta (há um ponto de venda dentro do zoológico), pois o ônibus apenas aceita este tipo de pagamento.

Este é um passeio divertido e para toda a família. Confira mais informações no site oficial: Zoo Luján: www.zoolujan.com

 

 

+ SAIBA MAIS | Arquitetura e Turismo ::América Latina

 

 

arquitetura e turismoTAGS:
  RELACIONADOS
Uma pincelada de Ouro Preto e Mariana
Tesouros da Serra Gaúcha - Bento Gonçalves
Templo Zu Lai - Cotia SP
6 Castelos para visitar no Sul da Alemanha

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2018 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS