Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Quarto Infantil
VOLTAR

5 Soluções descomplicadas para planejar quartos infantis

Ao planejar um quarto infantil, siga estas 5 dicas para economizar dinheiro e tempo.

Por: Paris Comunicação       10 de Setembro de 2021 - ATUALIZADO EM: 17 de Setembro de 2021   |   VISUALIZAÇÕES 231

Um quarto infantil, seja de menino ou menina, oferece infinitas possibilidades na hora da decoração. Podemos usar e abusar de objetos, papéis de parede e elementos decorativos, mas ainda surgem dúvidas na hora da escolha de cores, temas e disposição de mobiliário.
 
Por este motivo, a arquiteta Elaine Alberico separou alguns dicas e maneiras criativas que podem facilitar essa escolha na hora da reforma.
 

Primeiro Passo

Definir até que idade o quarto será utilizado da forma que você está projetando neste momento, assim poderá definir os tipos de móveis que serão colocados neste espaço, como tipo de cama, bancada de estudo e outros. "É fundamental decidir de que forma e até qual idade a criança irá utilizar o quartinho. Indico móveis adaptáveis, assim é possível usar por mais tempo. Como por exemplo, berços que podem virar cama e podem ser usados até os 7... 8 anos da criança", conta Elaine Alberico.
 

Segundo passo

Evitar um tema, material ou cor muito marcante que dificulte mudanças posteriores, envolva mão-de-obra específica ou uma grande reforma, por exemplo, nos móveis. Use e abuse da cor, elas podem ser elemento-chave na decoração, use nas almofadas, cortinas, acessórios e papel de parede, pois podem ser de fácil alteração durante as fases de crescimento da criança se houverem mudanças de estilo e preferência. "É importante que o quartinho tenha detalhes marcantes: peças que podem trazer personalidade. Assim a criança vai se sentir mais à vontade para brincar e passar mais tempo no local".
 
 

Terceiro passo

Os tons pastéis e cores claras trazem mais amplitude ao espaço, aconchego e leveza na decoração, além de serem ótimos para meninos e meninas. Tons vibrantes chamam mais atenção e são mais alegres, podem ser utilizados em itens decorativos como roupa de cama, para não enjoar facilmente das cores. Nem todo o quarto de menino precisa ser azul: avalie paletas de cores que podem compor com os demais objetos, móveis. "Os pais podem transmitir traços da personalidade da criança através das cores, fugir um pouco do branco, rosa e azul. Respeitar a opinião da criança de colocá-la em um local confortável e agradável de se conviver".
 

Quarto passo

Use e abuse dos acessórios, brinquedos à mostra, cestos de bagunça, livrinhos coloridos e objetos personalizados. Estes dão identidade ao quartinho e mostram a personalidade da criança e a história da família, alimentando a curiosidade, a imaginação e seu desenvolvimento".
 
 

Quinto passo

Papéis de parede criam um efeito divertido e personalizado no quarto. Se for uma imagem muito marcante, escolha somente uma parede para o efeito, para não enjoar facilmente. "Outra opção bacana e muito divertida é chamar a família para customizar uma das paredes com pintura, e existem várias formas para isto, círculos, faixas, formas geométricas, desenhos abstratos, pois além de você investir menos, é muito divertido, integra toda a família e ainda fica personalizado e único", finaliza a arquiteta.
 
 
+ SAIBA MAIS | Quarto Infantil
decoração infantilquarto infantildecoração de interioresquarto de meninaquarto de meninoquarto de bebêquarto de criançaTAGS:
  RELACIONADOS
Brincando de Organizar
Transformando: escritório em quarto de bebê
5 Soluções descomplicadas para planejar quartos infantis
Como renovar um quarto de criança sem descartar todos os móveis?

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2020 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS