Seu Portal de Ideia e Soluções
      ARTIGOS
ARTIGOS / Cozinha
VOLTAR

Fogão a lenha: do tradicional ao moderno

Modelos tradicionais e modernos de fogão a lenha aquecem e decoram com estilo os ambientes

Por: Giovana Roesler       02 de Dezembro de 2021 - ATUALIZADO EM: 14 de Dezembro de 2021   |   VISUALIZAÇÕES 749

O fogão a lenha é o modelo mais tradicional, sendo o calor produzido a partir da queima da lenha. Para as gerações passadas, era a única forma de garantir o cozimento dos alimentos. É comum encontrar essa peça em casas de campo, chalés, chácaras, ranchos e áreas rurais. Na região urbana, arquitetos e decoradores tem utilizado este artefato para compor churrasqueiras e espaços gourmet.
 
O cheiro da lenha, o calor na cozinha, o sabor dos alimentos, são experiências sensoriais proporcionadas pelo fogão a lenha, que remetem a lembranças da infância. As reuniões de famílias e amigos em torno da chapa do fogão, de forma simples e aconchegante, além dos bons momentos vividos, fazem parte das memórias do passado e de suas tradições.
 
Atualmente, é um item utilizado mais para decorar do que para preparar refeições, também é usado para criar um clima mais rústico na casa e aquecer o ambiente em dias mais frios. Muitos modelos apresentam design contemporâneo e até mesmo de alta performance.
 

Tipos de fogão a lenha

Um fogão a lenha é composto por uma caixa, que possui uma abertura na qual se coloca a lenha e, desta forma, se controla o fogo, uma gaveta em que ficam armazenadas as cinzas, o forno, a chapa, que pode ser de ferro fundido ou de aço e a chaminé para a saída da fumaça. Antigamente, os fogões eram produzidos de barro ou com uma estrutura de metal.
 
 
Fogão a lenha tradicional, de metal. Fonte: Pixabay
 
 
   
 
 
  
Fogão a lenha de alvenaria. Fonte: Pixabay
 

 

Fogão a lenha moderno, com tampo de vidro. Fonte: Liv Aquecimento

 

   

 

 

 

Fogão a gás, modelo a lenha. Fonte: Schumann

 

 

      

 

Como é a instalação?

Se você planeja incluir um fogão a lenha na sua casa, você precisa preparar um local para ele que possua uma abertura no teto ou na parede para colocar a saída da chaminé. Essa saída é necessária para um bom funcionamento do fogão, de preferência que seja instalada no ponto mais alto da residência e com menos curva possível.
 
O objetivo de instalar uma chaminé é transportar gases do ambiente interno para o externo, de modo a evitar o retorno da fumaça. Fique atento, pois cada modelo de fogão a lenha demanda um tipo específico de chaminé.
 
No momento de realizar a instalação do fogão, é necessário seguir as diretrizes do manual de instruções, pois cada modelo possui recomendações específicas. Em geral, é necessário respeitar uma distância mínima, entre 30 e 50 centímetros, de materiais e equipamentos não resistentes, para que não derretam e fiquem deformados devido ao calor.
 

Quanto custa?

Na hora de incluir o fogão a lenha no seu orçamento, você deve considerar dois custos: o do fogão em si e o da sua instalação. É possível encontrar modelos tradicionais a venda a partir de um mil reais, já os aparelhos que apresentam dupla combustão começam a ser vendidos por três mil reais e podem chegar a R$ 25 mil.
 
Outra opção, além de comprar o fogão pronto, é construir o projeto do zero. Desta forma, você pode fazer adequações para atender melhor a sua necessidade, escolher medidas e os materiais de sua preferência. Neste caso, o valor gasto, incluindo material e mão de obra, pode oscilar entre R$2 mil e chegar a R$8 mil dependendo do projeto.
 
Com relação a instalação, o valor depende de quanto material será necessário, do tamanho do duto e de como será a instalação. O custo estimado varia de R$ 800 a R$ 2,5 mil. * valores de referência nov2021.
 
Fogão a lenha. Fonte: Juan Gomez - Unsplash
 
 

Também aquece o ambiente?

Os fogões a lenha não substituem as lareiras, aquecedores, aparelhos de ar-condicionado ou calefatores. Porém, é possível aquecer ambientes pequenos com um modelo tradicional. Já com as opções que apresentam um sistema de dupla combustão, é possível aquecer locais de até 245 m³.
 
A vantagem é que além de deixar o ambiente aconchegante e quentinho, o fogão a lenha permite o preparo de alimentos e você pode ter sempre uma água quente para fazer um café. Uma opção no inverno é se reunir com a família em torno do fogão para ficar aquecido e fazer pinhão na chapa.
 

Combina com a cozinha artesanal?

Se a sua intenção é fazer uma cozinha artesanal, o fogão a lenha é um item bem interessante para se colocar na relação dos itens essenciais. Nele, você poderá preparar uma feijoada, um baião de bois ou um arroz carreteiro, também poderá fazer uma massa (que você mesmo preparou) ou assar a sua pizza caseira. Por apresentar um processo mais artesanal e lento, os pratos ficam mais encorpados e o sabor adquire uma maior intensidade.
 
 
+ SAIBA MAIS | Tudo sobre Cozinhas
acessórios para cozinhadecoração cozinhacozinhas planejadasTAGS:
  RELACIONADOS
Bancadas de Cozinha em Granito Preto Absoluto
Cozinha: Escolhendo o Mobiliário
Tudo o que você precisa saber sobre pia de cozinha
Decoração de Cozinha Integrada: Piso

0 COMENTÁRIOS
clique para visualizar
2010 - 2020 - CLIQUE ARQUITETURA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
< !-- BANNER BASILIO -- >